domingo, 30 de agosto de 2015

CABO DA PM QUE TRABALHOU NA CIDADE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE-PE É EXECUTADO AO DISCUTIR COM COMPANHEIRO DE FARDA, NA CAPITAL PERNAMBUCANA
 
Durante a manhã deste domingo (30) uma discussão entre dos policiais militares acabou com um morto dentro de uma viatura no bairro Apipucos na Zona Norte do Recife.

Segundo informações repassadas ao Agreste Notícia, na viatura além do Cabo Adriano (vítima) estava o Soldado Flávio Oliveira (acusado) e uma policial do sexo feminino que entrou como testemunha.
 
Ainda de acordo com as informações, a vítima e o acusado estavam discutindo sobre questões raciais desde o início do plantão e no final do serviço a celeuma se intensificou e o Soldado Flávio Oliveira sacou a pistola e efetuou um disparo contra a cabeça do Cabo Adriano que chegou a ser socorrido para o Hospital da Restauração no Derby, área central da Capital Pernambucana, onde acabou não resistindo e faleceu.
Adriano serviu na condição de Saldado da ROCAM da antiga 3ª CIPM (Companhia Independente da Polícia Militar) em Santa Cruz do Capibaribe, atual 24º Batalhão da Polícia Militar (BPM). Atualmente o profissional estava trabalhando no 11º BPM.

O acusado pelo crime está detido numa cela do Batalhão, em Casa Forte, onde também se encontra a soldada que testemunhou o crime.



 Blog Agreste Notícia

 
BANDIDOS QUE ESTAVAM ATERRORIZANDO A CIDADE DE JATAÚBA-PE, SÃO PRESOS PELA POLÍCIA APÔS COMETEREM VÁRIOS ASSALTOS
Na noite da última sexta-feira a pequena cidade de Jataúba no agreste setentrional pernambucano, passaram por grande constrangimento onde dois elementos em alguns pontos diferentes da cidade realizaram vários assaltos a todos jataubense.

A polícia Militar após tomar conhecimento que dois elementos estariam praticando diversos assaltos em partes, e fizeram diligências em busca dos acusados, foi a primeira péssima hora e dia em que esses elemento foram praticar assaltos na cidade de Jataúba.

Porque justamente no dia em que na cidade além dos PMS efetivos estarem na rodam da cidade tentando dar mais segurança a população, também se encontrava na cidade uma equipe do GATI, tendo no comando do Sgt Ismael.


Quando a polícia se dirigia para o centro da cidade, e estavam cruzando a PE-160, no perímetro urbano deram de cara com os meliantes, foi a segunda péssima hora dos elementos a escolha da fuga no sentido a cidade do Congo no cariri paraibano, porém acabaram sendo interceptados pelo eficiente trabalho dos policiais do GATI e da 3ª companhia do 24° BPMPE.
Equipe presente na ação onde prenderam elementos assaltando em Jataúba.
Orlando Bernardo da Silva, de 20 anos de idade, residente na Rua Bolívia em São Domingos distrito de Brejo da Madre de Deus-PE estava acompanhado de um adolescente de 17 anos, que também mora em São Domingos.
A dupla de assaltantes estava em poder de uma motocicleta Honda FAN de cor preta e placa PGA-2796.
 Eles confessaram pelo menos cinco assaltos e foram pegos com um simulacro de arma de fogo e vários aparelhos celulares um notebook roubados.
 Os envolvidos foram apresentados na Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Capibaribe-PE.

Lembrando que várias vítimas que foram assaltadas pela dupla também foram para delegacia pegarem seus pertences e prestarem queixas contra os mesmos, foi preciso um Toyota Bandeirantes para conduzi-las para a cidade Santa Cruz do Capibaribe.



Matheus Romero/Portal do Agreste/Imagens Collar




MUNDO CÃO FILHO MATA A PRÓPRIA MÃE E COLOCA FOGO NO CORPO!
SÃO JOSÉ DO EGITO (PE):Um crime ocorrido hoje por volta das 9 horas da manhã deste sábado (29) abalou Tuparetama, São José do Egito e toda a região do Pajeú. 

A GT Ordinária foi acionada pela permanência da 3ª/CPM afim de verificar a ocorrência de um possível homicídio no Alto do Jorge, no sítio Torrões, na zona rural de São José do Egito. 
Chegando ao local foi constatada a veracidade do fato onde, segundo testemunhas, o imputado José Ailton Nunes de Oliveira, de 28 anos, conhecido como “Loucão”, solteiro, desocupado havia desferido um golpe de faca-peixeira contra sua genitora Francisca Nunes de Oliveira, de 49 anos, conhecida como “Mariazinha”, casada, agricultora, ambos eram moradores da mesma residência no sitio Torrões, e em seguida arrastado-a para fora da residência e ateado fogo no corpo da vítima. 

Alguns moradores ao avistarem a fumaça se deslocaram até o local e apagaram as chamas, porém o corpo da vitima ficou parcialmente carbonizado.
Com o apoio da GT de Tuparetama e da equipe do GATI os mesmos apreenderam a faca utilizada no crime, uma faca-peixeira de oito polegadas, onde as buscas das equipes continuaram e lograram êxito na captura do imputado que estava escondido na caatinga. 

Em seguida a ocorrência foi encaminhada para a Delegacia de Polícia Civil de Afogados da Ingazeira para as providências cabíveis. 

Ainda segundo informações de pessoas próximas a família, o acusado estava durante toda a semana passada em Recife, na Casa de apoio de São José do Egito, acompanhado pela mãe e fazendo tratamento de Esquizofrenia, pois ele sofre de problemas mentais e também é usuário de drogas, sendo estas supostas hipóteses que podem ter motivado este bárbaro crime.



 (FONTE: Blog O Povo com a Notícia / Blog Mais Pajeú / Blog do Marcello Patriota / Blog do Cauê Rodrigues)


 




 
CONHEÇA UMA CIDADE ONDE É PROIBIDO VOCÊ USAR ROUPAS
Cap D'agde, na França, o maior centro naturista da Europa
A pequena Cap d’Agde, no litoral mediterrâneo, é uma cidade naturista privada que no verão chega a receber 50.000 visitantes para passarem temporadas -- todos nus

Embora não receba destaque nos guias turísticos da França, a pequena Cap d'Agde, no litoral mediterrâneo, não é uma vila qualquer. Trata-se da maior cidade de naturistas do mundo, onde avós e netinhos nudistas caminham ao lado de mulheres usando corrente de submissão e homens com piercings nas genitálias. No verão europeu, quando turistas invadem a cidade - ou resort, já que o local tem acesso restrito - cerca de 50.000 pessoas circulam sem roupa por bancos, supermercados, restaurantes, salões de beleza, peixarias, ópticas e outros estabelecimentos quando não estão se divertindo nas belas praias na região.

Placas que revelam as punições para quem for flagrado fazendo sexo em público - um ano de prisão e 15.000 euros (60.000 reais) de multa -, espalhadas por toda parte, tentam conter os ânimos de um público cada vez maior em Cap d'Agde: os praticantes de swing (troca de casal). Por um lado, a grande concentração de praticantes de sexo em grupo traz preocupação à polícia local. A boa notícia é que eles impulsionaram a notoriedade e o turismo na região.
Naturista acampamento em Cap d'Agde em França
Esse grupo ajuda a manter aquecidas as vendas das lojas de roupas e acessórios de fetiches, um setor também crescente na região. "É um resort naturista, mas o tipo de loja mais comum aqui é a que vende roupas", brincou Richard, nudista que trabalha na vila há 11 anos, em entrevista ao jornal The Guardian.

O local onde hoje existe o resort abrigou um modesto campo de nudismo no final dos anos 50. Na década seguinte, com o objetivo de impulsionar o turismo na região de Languedoc-Roussillon, seis resorts foram construídos na cidade de Agde. 

A princípio, o projeto não seria dedicado aos naturistas, mas em poucos anos o complexo de arquitetura modernista voltou às suas origens e se transformou no principal destino de nudistas europeus.
 
Outros centros naturistas que recriam zonas urbanas foram inaugurados recentemente em Munique, na Alemanha, e São Francisco, nos Estados Unidos, mas o 'título' de cidade dos nudistas pertence a Cap d'Agde.



nudis.blogs.sapo.pt



O TRAFICANTE E O USUÁRIO: UM QUESTIONAMENTO 
Um dos maiores geradores de violência é o tráfico de drogas. É um campo onde muito dinheiro é movimentado. Cena comum é ver noticiários mostrando traficantes milionários, quadrilhas fortemente armadas e regiões controladas pelo tráfico. É algo que rompe fronteiras, que exige esforço, investimento e inteligência no combate. Um problema tamanho que muitos alegam que combater o tráfico é o mesmo que enxugar gelo. 

Mas de onde vem o dinheiro que enriquece os traficantes? Com o dinheiro de quem eles compram carros, mansões e armas? Do usuário que compra. Um dono de bar lucra com aqueles que consomem seu produto. Parece-me que o mesmo raciocínio pode ser aplicado ao caso da relação existente entre traficante e usuário. No entanto, o usuário que compra é quase sempre visto como alguém neutro, que tem pequena parcela de culpa ou até mesmo é considerado uma vítima.
 Mas o dinheiro que financia parte do crime organizado sai do bolso de usuários. Imagine que 90% das pessoas que bebem parassem de beber. Será se bares e restaurantes entrariam em crise? Meu principal ponto aqui é: por que um usuário que financia e ajuda a enriquecer o tráfico de drogas, não deve ser considerado culpado pelos crimes gerados, assim como o traficante é? Analisarei brevemente algumas respostas.

 "LEGALIZAR SERIA A MELHOR FORMA DE DIMINUIR O TRÁFICO, CONSEQUENTEMENTE DIMINUINDO O ÍNDICE DE CRIMES''.

 Essa resposta tem algumas falhas: a primeira é que não estou perguntando qual a melhor solução para diminuir o tráfico. Minha indagação é se usuários que compram não deveriam ser considerados tão culpados quanto os traficantes. Legalizar, segundo se argumenta, seria uma forma de diminuir o tráfico. E meu ponto aqui é questionar a inocência de pessoas que patrocinam o tráfico. Mesmo que legalizar seja uma solução, minha questão ainda continua válida, pois a legalização ainda não foi aprovada. A segunda falha é que ela ignora exemplos de coisas legalizadas, mas que de forma ilegal, alimentam o crime. 

"CADA PESSOA DEVE SER LIVRE PARA USAR DROGAS PARA USO RECREATIVO. CADA UM SE DIVERTE E RELAXA COMO BEM ENTENDER''.

Isso parece absurdo. E se muitas pessoas se divertirem e relaxarem de maneira que prejudique outras pessoas? Se minha diversão alimentar o crime, a sociedade deve aceitar de bom grado? Para viver em sociedade, devemos estabelecer limites, regras. Podemos fazer o que bem entendermos desde que isso não cause prejuízo a terceiros.

 "PODEMOS LEVANTAR O MESMO QUESTIONAMENTO A QUE CONSOME PRODUTOS PIRATEADOS, COMO ROUPAS, CDs e DVDs''.

 Como vivemos em uma região onde o consumo desses produtos é muito comum, parece ser uma boa resposta. Mas não é. Primeiro que uma pessoa que recorre a essa resposta não se mostra inocente, mas reconhece que outras pessoas também erram. Ela apenas admite seu erro. E se formos usar esse raciocínio, poderemos justificar diversos atos condenáveis. Segundo que nem todos consomem produtos pirateados. Ou seja, nem sempre vai se puder devolver esse questionamento. 

"DEVEMOS LEVAR EM CONSIDERAÇÃO O CONTEXTO EM QUE O USUÁRIO VIVEU OU VIVE. MUITOS ENTRAM NO MUNDO DAS DROGAS DEVIDO A FAMÍLIAS DESESTRUTURADAS, AUSÊNCIA DE EDUCAÇÃO E OPORTUNIDADES, TRAUMAS OU POR QUE O SER HUMANO CARREGA EM SI UMA NECESSIDADE PELA BUSCA DE PRAZER''.

Podemos aplicar isso aos traficantes? Afinal, muitas pessoas entram no tráfico devido a famílias desestruturadas, ausência de educação e oportunidades. Muitos adolescentes se tornaram traficantes por que era isso o que seu contexto oferecia. Se o usuário é resultado de um contexto ou situação, o traficante também é.
Contexto talvez explique, mas não justifica. E caso justifique, poderemos inocentar terríveis homicidas que foram influenciados por algum contexto ou situação. Se você soubesse que o assassino de nove crianças foi abandonado pela família e sofreu maus tratos na infância, você o consideraria inocente? Talvez não. 

Entendo que em momentos difíceis e em certas fases de nossa vida, podemos ser mais propensos a enveredar no caminho das drogas, mas isso não responde a meu questionamento. Uma pessoa em sã consciência, antes de entrar nesse mundo, já conhece os possíveis riscos e consequências de suas ações.

 Sobre a necessidade que o ser humano tem pela busca de prazer, devemos lembrar que o ser humano é portador de vários desejos que são inatos, mas que a sociedade os rejeita. Por exemplo: cientistas apontam que o sexo masculino tem um desejo inato por várias parceiras. Sabendo disso, o sexo feminino deve aceitar o adultério por parte dos homens? Devemos combater relacionamentos monogâmicos? O fato de algo ser inato não implica que deva ser aceito.
 Alguns reconhecem a culpa do usuário, mas de forma estranha ficam tentando quantificar a culpa dos crimes gerados pelo tráfico. Alguns alegam que 80% da culpa são dos traficantes e 20% é dos usuários. O complicado é que não mostram que meios utilizaram para estabelecer esse número. Por que não seriam 79% de culpa dos traficantes e 21% dos usuários? Por que não 70% dos traficantes e 30% dos usuários? E por que não 50% de cada?

 Por que usuário que contribui para o tráfico e consequentemente para muitos crimes, não deve ser considerado culpado, assim como o traficante é? 



Por Carlos Wilker/Portal do Agreste


Boa notícia. Temer diz a Dilma que não pode fazer nada por CPMF
O vice-presidente Michel Temer disse à presidente Dilma Rousseff que haverá muita resistência no Congresso à sua proposta de recriação da CPMF e que não poderá fazer nada para levar a ideia adiante se ela insistir no assunto.

Comunicada de que contrariara o vice ao deixá-lo de fora das tratativas sobre a recriação do imposto, a presidente telefonou a Temer na tarde de quinta (27) e pediu ajuda para defender a volta do tributo.
O vice, porém, criticou a proposta e previu dificuldades para obter a aprovação da iniciativa no Congresso.

Segundo a reportagem apurou, a conversa foi dura e descrita por aliados de Dilma e Temer como o primeiro embate direto entre eles. Até agora, os dois mantinham uma relação distante, mas cordial.

A assessoria do vice-presidente negou que Temer não vá colaborar com o governo e disse que ele fez sugestões a Dilma para tentar diminuir as resistências à volta da CPMF. Em nenhum momento, segundo a assessoria, houve embate ou discussão entre os dois.

O debate sobre a recriação do imposto sobre transações financeiras, extinto em 2007 e agora visto pela equipe econômica como essencial para equilibrar as contas públicas, pegou Temer de surpresa.
Em viagem a São Paulo, o vice disse na manhã de quinta que havia só “um burburinho” sobre o assunto, sem saber que Dilma estava reunida no Palácio da Alvorada com a equipe econômica e o ministro da Saúde, Arthur Chioro, para discutir o imposto.

Temer ficou irritado porque soube da notícia pelos jornais. Depois que o assunto veio a público, Dilma pediu que o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, telefonasse a Temer para tentar contornar a situação.
O peemedebista disse então ao ministro o que repetiria horas depois à própria Dilma. Segundo ele, a proposta não será aprovada no Congresso e vai apenas gerar mais desgaste para o governo.

Levy reagiu dizendo que terá apoio dos governadores, que recentemente prometeram ajudar a barrar projetos que aumentam os gastos públicos, como o que reajusta os salários do Poder Judiciário e foi vetado por Dilma.
Mas o vice insistiu dizendo que deputados e senadores votarão contra. Temer falou também com o líder do governo no Senado, Delcídio Amaral (PT-MS), que apontou a “inviabilidade” do imposto.

UNIÃO
O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), aproveitou para ironizar a proposta nesta sexta: “Acho que o governo pode unir o PMDB novamente com a nova CPMF. Todos contra: eu, Michel Temer e [o presidente do Senado], Renan Calheiros [AL]”.

Não foi a primeira vez que a presidente manteve o vice longe de um assunto importante do governo. Quando Dilma sugeriu a convocação de uma Constituinte para discutir a reforma política após os protestos de junho de 2013, Temer foi o último a saber.

Na época, a ideia foi levada pelo Planalto ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) antes mesmo que Temer fosse consultado.
O vice também ficou fora da discussão sobre a proposta orçamentária de 2016, da decisão de cortar dez dos 39 ministérios e do jantar que a presidente ofereceu a empresários no início desta semana, no Palácio da Alvorada.

A reação dos peemedebistas assustou o governo, que, diante das críticas recebidas do principal aliado e de políticos e empresários que se opõem ao imposto, precisam definir até esta segunda (31) se e como a proposta será apresentada ao Congresso.



Na Folhapress


 
EVANGÉLICO MORRE EM CAPOTAMENTO DE VEÍCULO NA BR-232
CARUARU-PE: O acidente aconteceu no KM 136 da BR 232, próximo ao parque aquático, na zona rural de Caruaru e resultou na morte do evangélico Severino Antonio da Silva, que era conhecido por “Sílvio”, de 39 anos, que era casado e morava no centro de São Caetano. 

Ele guiava um caminhão reboque Hiunday branco, placa QFG-7934 de Patos (PB), perdeu o controle da direção e morreu no local. 
De acordo com o vereador Everaldo, que era amigo pessoal e frequenta a mesma igreja evangélica da vítima, ele trabalhava numa metalúrgica de São Caetano e estava vindo trazer o caminhão para Caruaru, acompanhado de outro funcionário da empresa identificado apenas por Marcelo.
 
 Mas no trajeto perdeu o controle da direção, saiu da pista, capotou o veículo, caiu numa ribanceira e morreu no local, o outro ocupante teve apenas ferimentos leves e foi socorrido para o Hospital Regional do Agreste.
Os agentes Djair e Luiz Albuquerque da Polícia Rodoviária Federal, estiveram no local e informaram que a causa provável do acidente possivelmente foi o pneu dianteiro esquerdo que estourou, pois o outro ocupante que escapou informou que eles ouviram um disparo e o carro ficou desgovernado.
O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Caruaru. 




 Blog do Adielson Galvão