terça-feira, 24 de abril de 2018

Em Jataúba-PE, após seis anos de colapso, população voltam a receber água nas torneiras

Barragem do Sítio Luiza

Abrir as torneiras e ver a água saindo provocou emoção e alívio para a população de Jataúba, na região Agreste. “O pessoal da Compesa disse que traria a água em um mês e, antes do período prometido, chegou em nossa cidade. É um grande alívio”, comemorou Severino Neto. Lavar os pratos com água na torneira é motivo de felicidade para a dona de casa Maria de Fátima.

“Estou muito alegre com a volta do abastecimento, após tantos anos sem água. Agora podemos realizar as nossas atividades diárias sem maiores preocupações”, afirmou a moradora.

A companhia voltou a abastecer a cidade após seis anos consecutivos de seca na região. Isso porque as chuvas registradas neste início de inverno garantiram a rápida recuperação dos dois mananciais que atendem Jataúba, as barragens de Sítio Luiza que fica no município e Poço Fundo que fica no município de Santa Cruz do Capibaribe.
Barragem de Poço Fundo

Uma boa parte da cidade já está recebendo água pela rede de distribuição e a expectativa dos técnicos é que, dentro de 30 dias, toda a população de Jataúba, 17 mil pessoas, esteja com o abastecimento regularizado. A Compesa ainda não está operando com a capacidade máxima do sistema.

A liberação da água está sendo feita de forma gradativa para evitar estouramentos. A fase de testes para o retorno da operação do sistema foi iniciada no último dia 11, confirmando a expectativa de prazo anunciada pela Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), no final de março.

Para abastecer a cidade, além da Barragem do Sítio Luiza, localizada em Jataúba e que agora acumula 300 mil metros cúbicos de água, a Compesa também utiliza água da Barragem de Poço Fundo, no município de Santa Cruz do Capibaribe, e que atingiu 30,34% da sua capacidade máxima – que é de 27,6 milhões de metros cúbicos de água.



TV Jornal / Visão da Gente


Explosão em fábrica de fogos deixa dois mortos no Agreste
Nesta segunda-feira (23) uma fábrica de fogos de artifício explodiu no município de Cupira, no Agreste de Pernambuco. Na ocasião duas pessoas morreram na hora. Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas morreram carbonizadas.
A causa da explosão é até então desconhecida, porém o CB destacou que uma falha pode ter ocorrido na confecção de parte dos objetos composto por pólvora. As vítimas foram levadas ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.
No anos de 2015 uma outra explosão aconteceu também em uma fábrica de fogos da mesma cidade. O imóvel onde o fato ocorreu ficou totalmente destruído.


Bruno Muniz / Folha PE.


Após visita a petroleiro, Paulo Câmara destaca a qualidade da produção pernambucana

Governador conheceu, nesta segunda-feira, no Estaleiro Atlântico Sul, em Suape, o navio Castro Alves - primeiro Aframax construído no Brasil e com fabricação 100% no Estado
O Governador Paulo Câmara e o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, visitaram, nesta segunda-feira (23.04), as instalações do navio Castro Alves – primeiro petroleiro do tipo Aframax construído no Brasil, com produção e montagem 100% pernambucanas. Fabricada no Estaleiro Atlântico Sul (EAS), no Complexo Industrial de Suape, a embarcação é uma das duas que serão lançadas na próxima sexta-feira (27.04), juntamente com a Skandi Recife, embarcação do tipo PLSV (Pipe Laying Support Vessel). Ambas foram financiadas pelo Fundo da Marinha Mercante (FMM), somando um total de R$ 1,25 bilhão de investimentos.
“Vim aqui, hoje, junto com o ministro para que ele conhecesse como funciona o Estaleiro Atlântico Sul. E, sem dúvida, ele sai daqui sensibilizado de que é muito importante e estratégico nós termos uma política de confiança nacional que possa garantir ao Estaleiro Atlântico Sul e outros aqui em Pernambuco que possam ter encomendas, porque eles vão dar conta do recado. É um setor estratégico, que toda nação tem que ter como prioridade. Sabemos da importância dessa indústria para Pernambuco e tudo que eles avançaram. Hoje, é um estaleiro de nível mundial, com uma produtividade altíssima. Fruto da aposta em Pernambuco e da qualificação da mão de obra pernambucana”, destacou o governador.
Paulo aproveitou a visita ao estaleiro para ratificar o apoio do Governo com os avanços do setor naval em Pernambuco. “A gente tem certeza de que todo o esforço que foi feito para trazer essa indústria Naval aqui para Pernambuco está valendo a pena. Para se ter uma ideia, o primeiro navio do EAS durou 60 meses para ficar pronto. Esse, que nós visitamos hoje, durou apenas 18. Os próximos irão durar 14 meses. Ou seja, eles estão em um nível de excelência mundial. É uma indústria que se profissionalizou e agora vai precisar, realmente, do apoio de todos nós para continuar avançando. Hoje, o estaleiro é um patrimônio de Pernambuco e do Brasil em termos de qualidade, tecnologia, fazendo navios bem feitos, que podem ser vendidos para o mundo todo”, frisou.
Após visita à embarcação, Ministro Casimiro ponderou: “já temos algumas medidas que estão sendo encaminhadas para o Congresso. Medidas que vinham sendo trabalhadas com o setor, para que possamos fomentar a utilização dos nossos estaleiros, com a construção de embarcações viabilizando o aumentando do Fundo que garante esses financiamentos junto ao BNDES. E já me comprometi em conversar com o presidente do BNDES para que a gente possa liberar os financiamentos que já estão aprovados pelo FMM, mas que ainda precisam da liberação do banco”, declarou.
Cada uma das embarcações teve 90% dos seus custos financiados pelo FMM, sendo o restante pela Transpetro (Castro Alves) e outro, pela Dofcon (Skandi Recife), totalizando R$ 1,25 bilhão. O navio Castro Alves é a primeira embarcação tipo Aframax construída no Brasil, produzida pelo Estaleiro Atlântico Sul para a Transpetro, no valor de cerca de R$ 250 milhões. O petroleiro de grande porte é destinado ao transporte de petróleo bruto, com capacidade de carga de 158 mil toneladas, em 274 metros comprimento; 43,8 metros de boca e 15 metros de calado.
Já o PLSV é uma embarcação complexa e altamente especializada, dotada de equipamentos e sistemas sofisticados, que atua no lançamento de linhas rígidas e flexíveis, que conectam as plataformas a sistemas de produção de petróleo. O navio pertence à empresa Dofcon e foi construído pelo estaleiro Vard Promar, pelo valor de cerca de R$ 1 bilhão. O navio tem 139,9 metros de comprimento; 28 metros de boca (equivalente à largura) e 12 metros de calado.
FMM – O Fundo é a principal fonte de financiamento do setor naval brasileiro. Entre 2007 e 2017 proporcionou a construção de 14 estaleiros e 680 embarcações, sendo 27 delas destinadas à navegação de cabotagem, como o Aframax, e 183 destinadas à navegação offshore, como o PLSV. Em Pernambuco, o FMM já financiou 2 estaleiros e 23 embarcações até hoje.




Informações da Assessoria de Comunicação


Trabalho de reconstrução da face de o frantista de 2.000 anos que viveu em Brejo da Madre de Deus será divulgado nesta terça-feira dia 24, na Universidade em pernambucana
A Secretária de Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econômico do Município de Brejo da madre de Deus, Deluse Assunção, segue nesta terça-feira 24/04 para a capital pernambucana, onde, juntamente com parte de sua equipe, irá prestigiar, a convite da Coordenadora do Museu de Arqueologia da Universidade Católica de Pernambuco/UNICAP, Dra. Roberta Richard Pinto, o lançamento de um projeto acadêmico inédito na região Nordeste.
A equipe multidisciplinar da UNICAP, formada por uma bióloga, um cirurgião plástico, um 3D designer, um historiador e dois arqueólogos, está encarregada da missão de reconstituir a face de um dos crânios indígenas da pré-história, chamado de "Flautista", que foi encontrado nas escavações realizadas na Furna do Estrago, em Brejo da Madre de Deus/PE, no início da década de 80, sob a Coordenação da Professora Jeannete Maria Dias de Lima.
 
De acordo com a Secretária Deluse, “este projeto de reconstituição em 3D, da face “do Flautista de 2000 anos”, é de suma importância para a preservação do Patrimônio Arqueológico Brejo da Madre de Deus, pois além destacar a relevância do acervo do Museu Histórico Municipal Dulce Pinto, representa para nós um valioso testemunho da evolução da população pré-histórica do Nordeste do Brasil.”


Blog Manhã Nordestina


Alessandra Vieira recebe apoio de cinco vereadores do município de Maraial

A pré-candidata a deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB) teve mais uma agenda positiva neste final de semana. Ela recebeu apoio de cinco vereadores da cidade de Maraial, na Zona da Mata.

Os vereadores Mano Pantanal (SD), Val do Gás (PP), Professor Edson (PSC), Moacir (PCdoB) e Everaldo do queijo (PSD), declararam apoio a tucana, que buscará uma vaga na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

Alessandra concedeu entrevista e destacou a importância de ter lideranças que apoiam seu projeto em Maraial. “Nossa pré-candidatura começou bem e não poderíamos sentir melhor a confiança da população deste município. Digo em todos os lugares que passo, que cada cidade será bem representada e vamos buscar os investimentos necessários para atender os anseios do povo”, frisou.

O vereador Professor Edson, falou sobre o apoio a Alessandra Vieira e destacou a necessidade de Maraial ter uma representante na Alepe. “Temos a satisfação de apoiar Alessandra Vieira, por ser uma pessoa com um histórico familiar interessante. Seu esposo, o prefeito Edson tem desempenhado um excelente trabalho em Santa Cruz do Capibaribe. Nosso município não tem um representante na Alepe e com ela, estaremos lutando por nossas melhorias”, disse.

“Pudemos apresentar ao povo de Maraial, a pré-candidata a deputada Alessandra Vieira. Unimos cinco vereadores e declaramos esse apoio, pois, sabemos que Maraial vai estar bem representada”, afirmou o vereador Mano Pantanal.

Acompanharam a pré-candidata, o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira, o vice-prefeito Dida de Nan e os vereadores Pipoca, Jéssyca Cavalcante, Nailson Ramos, Irmão Val e Caetano. O prefeito de São Joaquim do Monte, Joãozinho Tenório, também fez parte da comitiva.



Edmar Lira


La Casa de Papel: Seguranças barram jovens que pretendiam realizar pegadinha no Moda Center
Sucesso na Netflix, a série La Casa de Papel gerou além de milhares de fãs em todo o mundo, uma série de ocasiões inusitadas. Após quatro jovens serem presos nas imediações do Cotel, em Pernambuco, na semana passada, nesta segunda-feira (23) um outro grupo de jovens foram impedidos de realizarem uma 'pegadinha' no Moda Center, em Santa Cruz do Capibaribe.
Segundo informações, o grupo de Youtubers foi convidado de maneira cordial a não gravarem um vídeo nas dependências do empreendimento com macacões semelhantes aos dos atores da trama. A assessoria de comunicação do empreendimento informou que a autorização para a produção do conteúdo no local foi negada.


Bruno Muniz


Carreta tomba com carga de tecido na PE-145 em Brejo da Madre de Deus-PE

Uma carreta que transportava um contêiner com aproximadamente 32 toneladas de tecido, tombou no acostamento da PE-145 no Brejo da Madre de Deus no começo da madrugada desta segunda-feira (23).
Segundo informações repassadas a equipe do Blog Divulga Brejo, o motorista estava passando em trecho conhecido como (As Furnas) já bem próximo à cidade, quando a carreta apresentou problemas e não conseguiu subir a ladeira, o motorista ainda conseguiu segurar a carreta por alguns instantes, mais o freio foi perdendo a força e não deu mais, ai a carreta tombou. O motorista conseguiu pular do veículo e nada sofreu.

O motorista ainda chegou a pedir ajuda a uma lotação que passava no momento do acidente, pedindo para que o motorista da lotação puxar o freio de emergência do lado de fora da carreta, mais o mesmo não parou para ajudar.
A carga começou a ser retirada a poucos instantes, e vai ser transportada para o seu local de entrega, na loja Andrey Tecidos e Aviamentos, que pertence ao empresário Marquinhos de Mandaçaia.



Divulga Brejo / Bruno Muniz


Governo de Pernambuco reforça agricultura familiar do Estado com entrega 15.550 kits do programa Pernambuco Mais Produtivo
Paulo Câmara comandou, nesta segunda, entrega de equipamentos que vão beneficiar a produção de alimentos em 87 municípios, Jataúba foi a primeira cidade a receber os Kits desse projeto do governo.
O governador Paulo Câmara comandou, na manhã desta segunda-feira (23.04), a entrega de 15.550 kits de caráter produtivo — que visa estruturar a produção de alimentos e forragem animal — com o objetivo de otimizar o trabalho de agricultores familiares de 87 municípios do Agreste e Sertão do Estado. Na ação, os beneficiados receberam os conjuntos "Roçadeira" (uma roçadeira semi-florestal com 3 itens acessórios, de corte de arbustos, capineira e roço; uma bota e um óculos de proteção) ou "Forrageira" (uma forrageira com cabo de extensão elétrico de 10 metros). 
Com um investimento de R$ 22 milhões, a iniciativa fortalece as políticas públicas com foco na área. O caráter produtivo faz parte do Programa Segunda Água (Cisternas Calçadão) e é financiado com recursos da União, via Ministério de Desenvolvimento Social. Paulo destacou que a ação é fundamental para proporcionar mais condições de trabalho e produtividade para os homens e mulheres do campo.
"Estamos entregando equipamentos que vão facilitar a produção de quem atua na agricultura familiar e que vão ajudar, também, no aumento do rendimento e da produtividade. Produzir mais, vender mais e com isso expandir a produção de alimentos, de grãos e rações para alimentação, seja da avicultura ou da área bovina. O trabalho envolve o Estado, os municípios, a sociedade civil, os agricultores, mas, principalmente, a nossa capacidade de tirar do papel ações tão importantes. Assim, damos a garantia ao homem do campo de que ele poderá trabalhar, viver, criar seus filhos, produzir e ter sua renda a partir de seu esforço e do seu trabalho na sua terra", frisou o governador.
Os agricultores beneficiados com a ação de hoje já receberam, através do Pernambuco Mais Produtivo, a tecnologia social da Cisterna Calçadão. Os equipamentos, que possuem 52 mil litros, ampliam o acesso a água, através da captação das chuvas, e viabilizam a criação de pequenos animais e a implantação de hortas orgânicas. A entrega dos kits complementou a estruturação necessária para aumentar a produtividade do setor.
Representando os prefeitos dos municípios beneficiados, Anchieta Patriota (Carnaíba) destacou o empenho do atual governo no fortalecimento de ações estruturadoras para a agricultura. "Essas são ações que mudam a vida das pessoas, principalmente daquelas que mais necessitam do governo. A gestão Paulo Câmara já fez muito pelo homem do campo. Desde a oferta de água para a população a outras ações estruturadoras. Sempre com a preocupação de gerar, também, receita e renda para o nosso povo", exaltou o gestor da região do Sertão do Pajeú.
O secretário de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), Wellington Batista, aproveitou a oportunidade para destacar o poder econômico que o investimento na agricultura familiar é capaz de propiciar. "Quando andamos pela Zona Rural, percebemos como foi importante esse programa de cisternas para o homem e a mulher do campo enfrentarem o período de estiagem. Queria agradecer ao empenho do governador Paulo Câmara na contribuição para o fortalecimento da agricultura familiar, não só do ponto de vista social, mas do ponto de vista econômico para todo o Estado de Pernambuco", finalizou.
Falando em nome dos agricultores beneficiados, Aluísio Paulino, natural de Carnaíba, explicou o ganho na produção rural que os equipamentos irão fornecer. "Isso aqui vai servir para os agricultores fazerem a ração para os animais, do boi e da galinha. Servirá também para ralar o milho, fazer o fubá e outros alimentos. Já a roçadeira vai servir para roçar o capim, ou então servir para outras atividades na Caatinga. É muito importante estar recebendo um maquinário desses na Zona Rural", comemorou.
AGRICULTURA FAMILIAR - No Brasil são aproximadamente 4,3 milhões de estabelecimentos rurais da agricultura familiar, que correspondem a 84% do total. O setor é responsável por 33% do valor bruto da produção agropecuária do País e pela produção de 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros. Em Pernambuco, são 275.720 estabelecimentos familiares responsáveis pela produção de mandioca, feijão, milho, fruticultura e hortifrúti.
 
O Vice-Prefeito Jackson Buraco e o secretário de Agricultura Izael Moenteiro (Zainha), estiveram presente no evento representando o Prefeito Antônio de Roque a convite do Governador Paulo Câmara.

Acompanharam o governador durante a solenidade o reverendíssimo Dom Bernadino Marchió, bispo diocesano de Caruaru; os secretários estaduais Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão); Manuela Marinho (Turismo, Esportes em Lazer); e o chefe de Gabinete do Governador, Antônio Limeira; o secretário executivo de Agricultura Familiar, José Cláudio; o presidente do CEASA, Gustavo Melo; o presidente do Iterpe, André Luz Negromonte; o deputado federal Danilo Cabral; os deputados estaduais Waldemar Borges, Aluísio Lessa, Zé Maurício Cavalcanti, Laura Gomes, Nilton Mota e Diogo Morais; e prefeitos de vários municípios beneficiados na ação.


Informações da Assessoria de Comunicação


VOLTEI COM JESSYCA, ERNESTO, JUNIOR E CARRIN NO COURO!
Opa, minha gente. Sou da terra onde se faz fila para vender fiado, onde "laranja" não é fruta, piolho é ajudante de Toyoteiro e os ricos até que enfim, estão em crise financeira. É a vingança dos pobres! Rsrsrsrs. Os tempos são outros, mas estamos em ano eleitoral e I$$O é bom para as moscas de plantão (As da política).

Este ano serão 5 pré-candidatos a deputado estadual da cidade, os “Santos de Casa”, que tentarão realizar milagres nas urnas. O voto nunca foi tão difícil e o povo tá desacreditado na política (Ô novidade!), desde pirrototim que escuto esta asneira rsrsrsrsr. Como ninguém mais acredita nas promessas, o povo só acreditará em milagre!

Então mãos a obras os santos São Diogão, São Zé e São Edin, este último vai pedir milagre para a esposa. Oxê, Santo pode casar? Já Cleiton e Luciano não são católicos. Portanto, não podem ser santos, mas tentarão o impossível.
NÃO ME CONTE, QUE EU CONTO!
Sinceramente não estou entendo a revolta da população de Santa Cruz do Capibaribe. As BURIÇOCAS (Buracos e muriçocas) são produtos Made In Santa Cruz. Se Ernando Silvestre (2 mandatos), Aragãozinho (1 mandato), Zé Augusto Maia (2 mandatos, Toinho do Pará (1 mandato), Edson Vieira (1 mandato e um pedaço) não conseguiram acabar com os buracos e muriçocas, porque jogar toda culpa em Diogão, agora? Lá se vão 26 anos de mandatos e ninguém conseguiu resolver estes dois probleminhas. 

Tô perdendo a esperança em ter em Santa Cruz: Faculdade, Aeroporto, Shopping, Rodoviária, Hospital (De verdade, daqueles que operam e tudo mais). O povo de Santa Cruz não tem paciência mesmo. O povo apressado da gota!

NÃO ME CONTE, QUE EU CONTO!
Em TERRA DE BLOQUEADOS quem não foi ainda, tá se roendo de inveja! Já foi o “Galeguim”, “Edim”, “Toim” e só pra fazer raiva e acabar com o diminutivo e com a rima, agora foi “Zé”. Tanto que ele enchia a boca para falar dos outros, agora também teve seus bens bloqueados. Na política quando o sujo fala do mal lavado, acontece dessas coisas. Pois é, pois é, pois Zé!

NÃO ME CONTE, QUE EU CONTO!
É melhor rir do chorar, por isso tô preferindo me divertir com tudo que tá acontecendo kkkkkkkkkkk. Como diria meu amigo Alberes: Tá faltando uma banda da lua, e não fui eu que peguei, quem pegou que dê de conta! kkkkkkk.

A POLÍTICA aqui tá do jeito que JOÃO DE BOTIJA gostava: QUENTE e na base do FUXICO!

* Tem gente arrependida de ter deixado o certo pelo duvido$o e vai refazer o caminho de volta. Não come a pamonha do São João na secretaria.

* Santa Cruz tá dando mau exemplo. Tem gente inflacionando o mercado de apoios, Aki e Alê é um tal de 200 para 5. Como o açude financeiro dele nunca seca, será a campanha mais cara que vai fez.

* PESQUISA RECENTE:
18% para um, 12% para outro, 8% para o outro
Pra não ficar PENSANDO: Já dizia MESSIAS CHAGAS: “SANTA CRUZ É MESMO O CÚ DA BESTA”

Eita que voltei com Jessyca, Ernesto, Junior e Carrin no couro! Nunca a politica santa-cruzense esteve tão frágil e ao mesmo tempo, tão cheia de interesses. Numa coisa Edin tá certo: Coisas estranhas estão acontecendo, tô até com medo!

Zé foi rejeitado e expulso de um protesto, Ernesto acertou em cheio com o projeto de Marília Arraes, Carrin tornou-se líder da oposição na câmara, Fernando Aragão acreditou na palavra de Zé para 2020, O Náutico foi campeão, Santa Cruz terá 5 candidatos a deputado e KMC implode em alguns dias.

Chega por hoje, se eu fosse vocês não perdiam tempo lendo esta coluna, muito melhor ir assistir a novela DO OUTRO LADO DO PARAÍSO, aqui pra nós: lá tem um cabaré com cada rapariga que chega dá uns choques no cordão goipante. E... não me queiram mal, que só sei querer bem!


Marcondes Moreno / Sulanca News