sábado, 30 de julho de 2016

MAIOR DESAFIO DE LULA PASSA A SER JURÍDICO
Evitar condenações é fundamental para viabilizar candidatura em 2018

Ao virar réu na Justiça Federal de Brasília, o ex-presidente Lula passa agora a ter um desafio mais jurídico do que político. Ele responderá à acusação de ter tentado obstruir a Justiça, segundo denúncia baseada na delação do ex-senador petista Delcídio do Amaral.

Segundo Delcídio, Lula teria participado de tentativa de impedir delação de Nestor Cerveró, ex-diretor da Petrobras. O ex-presidente nega.
Lula é o principal político brasileiro. Mesmo sob forte bombardeio, é líder nas simulações de primeiro turno a respeito da sucessão presidencial de 2018. Nos cenários de segundo turno, a forte rejeição impediria uma vitória se a eleição fosse hoje. Essa é a primeira denúncia a ser aceita contra o ex-presidente, o que tem simbólico impacto político.

Com o juiz federal Sérgio Moro, Lula partiu para um confronto aberto. Seus advogados apresentaram recurso ao Comitê de Direitos Humanos da ONU (Organização das Nações Unidas) questionando a parcialidade de Moro e acusando o juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba de ações abusivas.

Em Brasília, Lula será julgado por outro magistrado, Ricardo Augusto Soares Leite, da 10ª Vara Federal. Uma eventual condenação em primeira instância não o enquadraria na Lei da Ficha Limpa, impedindo uma candidatura em 2018. Mas uma condenação em instância superior, nesse caso, sim, porque seria uma sentença de um órgão colegiado.

Lula dá como certo que será condenado por Moro num futuro processo. Como o TRF (Tribunal Regional Federal) da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, confirma as sentenças de Moro, o petista seria impedido de concorrer até eventual reversão dessa condenação.

Logo, a batalha jurídica é fundamental para o futuro de Lula e do PT. Se ele vencer os processos, sairá fortalecido para concorrer em 2018. Se perder, ficará fora do jogo legalmente ou, no mínimo, enfraquecido politicamente.


Blog do Kennedy


Nenhum comentário:

Postar um comentário