terça-feira, 27 de dezembro de 2016

UM GRANDE MISTÉRIO A SER DESCOBERTO ONDE UM CAMINHONEIRO FOI ENCONTRADO PELA FAMÍLIA MORTO E ENTERRADO NO QUINTAL DE SUA CASA 
 O corpo do caminhoneiro José Amauri Cordeiro da Silva, de 63 anos, que estava desaparecido desde a última quinta-feira (22) foi encontrado na manhã deste domingo de Natal (25) por familiares enterrado no quintal da casa onde morava no bairro de Caetés Velho, no município de Abreu e Lima, no Grande Recife.

 O crime chocou familiares e vizinhos. Por ser caminhoneiro e trabalhar viajando, os parentes acreditavam que o sumiço estivesse ligado à profissão.

O Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) iniciou as investigações com a delegada Gleide Ângelo, que informou que ele havia sido visto pela última vez num bar na última quinta-feira (22), mas a família do homem não sentiu falta do caminhoneiro porque ele costumava passar períodos fora de casa devido ao trabalho. 
Na manhã deste domingo (25), a mulher da vítima encontrou o corpo ao aguar plantas no quintal. “Ela encontrou duas sandálias do marido e, quando puxou o plástico que estava por cima, encontrou o corpo”, explicou. 

A vítima tinha sinais de asfixia e de agressão na área dos olhos, causados por uma barra de ferro, de acordo com a delegada. A polícia ainda investiga os suspeitos e o que pode ter motivado o crime. A hipótese mais forte é de que o autor do crime era conhecido da vítima. 


FONTE: TV Jornal / Pernambuco Conectado


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário