quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Vereador é morto a tiros ao tentar perseguir assaltantes e moradores matam suspeito a pauladas
O vereador Josevandro Marinho (PSB), de 55 anos, foi assassinado com dois tiros na cidade de Pocinhos, no Agreste paraibano, a 134 km de João Pessoa. 

Segundo a Polícia Militar, o crime aconteceu enquanto a vítima perseguia três assaltantes. Os criminosos haviam rendido o parlamentar momentos antes, na residência dele.
Após roubar alguns objetos, os bandidos fugiram em duas motocicletas. O vereador, no entanto, resolveu persegui-los e acabou atingido por dois disparos de arma de fogo. Josevandro Marinho chegou a ser socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, mas não resistiu aos ferimentos e morreu instantes após dar entrada na unidade de saúde. 

Revoltados com a morte do vereador populares perseguiram os bandidos e terminaram por matar um deles a pauladas e os demais suspeitos permanecem foragidos. O sepultamento de vereador pocinhense foi realizado na tarde desta terça-feira no distrito de Nazaré, terra natal da vítima
.
CARREIRA POLÍTICA VITORIOSA: Josevandro disputou 7 eleições para o cargo de vereador, tendo vencida todas e iria exercer o sétimo mandato consecutivo, sendo 3 pelo PDMB, outros 3 pelo PSDB e, agora, estava no PSB.

A primeira vitória ocorreu em 1992, com 262 votos no PMDB. Em 1996, Josevandro obteve 412 sufrágios e, em 2000, novamente se reelegeu com 426 escrutínios, sendo o segundo mais votado naquele pleito. Em 2004, já filiado ao PSDB, ele chega ao auge de sua carreira política, obtendo 655 votos e conquistando o título de vereador mais votado nessa eleição. 

No ano de 2008, Josevandro conquista a vaga de vereador mais uma vez ao receber 508 sufrágios e, quatro mais tarde, obtém 543 votos para mais um mandato. Este ano, filiado ao PSB, mais uma vez tem seu trabalho reconhecido pela população e se reelegeu para o sétimo mandato com 413 votos. 


(FONTE: Portal Correio da Paraíba / Noticiando PB / Blog do Heleno Lima)


Nenhum comentário:

Postar um comentário