segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

Quase 50% dos docentes não são formados na matéria que ensinam
Aproximadamente metade dos professores do ensino médio, tanto de redes públicas, quanto privadas, não tem formação específica para as disciplinas que dão aula. Sociologia, filosofia e artes são as áreas mais afetadas.
Segundo informações da Folha de São Paulo, dos 494 mil docentes que educam no ensino médio, 228 mil dão pelo menos uma aula para áreas as quais não estão habilitados. Este número representa 46,3% do total.
A situação da adequação do professor com a especialidade não apresenta índices maiores nas escolas privadas - na rede particular, a média é de 58%.
Resultado de imagem para imagens de sala de aula
O Censo Escolar de 2015, cujos dados foram tabulados pelo Movimento Todos Pela Educação, também apontou que 32,3% dos professores dão aulas somente para disciplinas as quais não são especialistas.
Os piores resultados são correspondentes aos estudos de sociologia, filosofia e artes. Na sequência, estão as aulas de física. Somente 27% dos docentes que lecionam a matéria são graduados na disciplina.
Resultado de imagem para imagens de sala de aula
A maior quantidade de professores com formação é no ensino da matemática, com 67,5%.

Na média de todas as matérias, os estados que apresentam os maiores índices de adequação são o Paraná e o Distrito Federal. Já os menores percentuais correspondem aos estados da Bahia e Mato Grosso.

Ainda de acordo com a reportagem, o Plano Nacional de Educação (PNE) prevê que, até 2024, o número total de docentes da educação básica tenha formação de nível superior específica.


Fonte: Noticias ao Minuto


Nenhum comentário:

Postar um comentário