domingo, 22 de janeiro de 2017

Reportagem especial sobre a Rebelião no presidio de Santa Cruz do Capibaribe onde terminou com um detento morto e 13 feridosDCIM100MEDIADJI_0027.JPG
Durante as primeiras horas deste sábado (21), o presidio de Santa Cruz do Capibaribe enfrentou sua primeira rebelião desde que foi inaugurado, o motim começou por volta das 8:00 horas da manhã e foi controlado por volta das 11:00 horas.





Durante a rebelião 13 pessoas ficaram feridas, entre os feridos um Policial Militar que foi ferido com uma pedrada que atingiu a cabeça do mesmo, 4 dos feridos foram por disparos de arma de fogo, 6 por armas artesanais e 2 detentos passaram mal e também precisaram de atendimentos médicos, um detento morreu durante a rebelião. 
Vários familiares dos presos estiveram na em frente a unidade prisional, várias viaturas do BEPI chegavam a todo momento, os presos feridos foram socorridos por unidades do SAMU para a UPA do município.
img_9880

img_9891
Ainda segundo informações, 3 detentos fugiram durante a rebelião, mais a policia informou que um deles foi recapturado, uma sindicância será aberta pelo Governo do Estado para investigar o caso.


No momento do motim apenas 3 agentes penitenciários estavam de plantão na unidade. 
O Secretário de Justiça e Direitos Humanos do Estado, Pedro Eurico esteve presente reunido com o diretor da unidade para avaliar a situação.
pedro-eurico
O secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco, Pedro Eurico (foto), falou sobre a rebelião em Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com ele, não houve danos graves dentro da unidade prisional.

“Não houve danos, mas apenas algumas grades quebradas. Me reuni com presos dos dois pavilhões, falei com todos, estabelecemos a necessidade de calma e vamos tratar de resolver” – disse.
img_9899

Segundo o mesmo, será aberto uma sindicância do sistema penitenciário e um inquérito criminal para apurar os fatos da rebelião.

 img_9877
Segundo o mesmo, a rebelião de Santa Cruz foi uma situação isolada e “não tem nada a ver com o cenário nacional”. O mesmo ainda citou que as visitas serão normalizadas já neste domingo.
img_9903
Segue controlada a situação de rebelião no presídio de Santa Cruz do Capibaribe. De acordo com informações fornecidas pelo Secretário Executivo Municipal de Defesa Social, Sargento Junior, que também é policial militar, a rebelião teria começado por volta das 5h no Pavilhão A do presídio.

Segundo ele, a rebelião foi desencadeada após uma discussão relacionada a apreensão de uma faca feita por um dos agentes penitenciários, onde presos teriam reagido e outros também para ajudar na apreensão da arma.
  
Ainda de acordo com Junior, o ápice da rebelião se deu as 9h quando foi registrado o incêndio em colchões, onde o corpo de bombeiros foi acionado.
 Viaturas da polícia militar também foram acionadas, sendo que, após o controle da situação de crise, 13 detentos ficaram feridos e um morto, sendo os feridos levados para a UPA 24h do município. Não se sabe até o momento o estado de saúde dos presos.
 
O detendo que veio a óbito foi identificado por Bruno Leonardo Santos Ferreira, (21 anos), o mesmo residia na Rua da Roseira em São Domingos distrito de Brejo da Madre de Deus, á vitima foi morta com vários golpes de faca peixeira, ainda segundo informações da Policia, a vítima estava preso por roubo.

O presídio estava com 447 presos e a capacidade é para 186, segundo o Sindicato dos Agentes e Servidores do Sistema Penitenciário (Sindasp). 
Policial militar ficou ferido durante rebelião no Agreste de PE (Foto: Ney Lima/Divulgação)
img_9893
img_9896
Três agentes penitenciários estavam de plantão e a rebelião aconteceu no pavilhão A, conforme o presidente do Sindasp, João Carvalho.





Durante o motim os detentos atearam fogo em colchões.


O presídio foi inaugurado em 10 de julho de 2015. A unidade conta com 22 celas com capacidade total para acolher 186 reeducandos. O presídio fica no quilômetro 14 da PE-60 e ocupa uma área de 8.000m², sendo 1.473m² de área construída.
           

Os detentos que ficaram feridos foram identificados por:


Jonathan Antônio da Silva
Sivonaldo Marcolino dá Silva
Gleydson Rafael Santos da Silva
Danilo Ranier Silva Silvestre
Natanael Gomes da Silva
Cícero José dá Silva
Felipe Rafael Cabral
Iran da Silva
Fábio José da Silva
Além de um policial militar.


09


10




Informações Jota Lídio / Portal do Agreste /  Ney Lima /Agreste Noticias / Santa Cruz Mais


Nenhum comentário:

Postar um comentário