sexta-feira, 17 de março de 2017

Novidades farão parte dos 50 anos da Paixão de Cristo de Nova Jerusalém

Muitas novidades e um grande elenco esperam o público que for assistir a Paixão de Cristo de Nova Jerusalém na temporada 2017, que será realizada de 8 a 15 de abril, em Brejo da Madre de Deus (PE).
Neste ano, o mega espetáculo encenado no maior teatro ao ar livre do mundo está completando 50 anos de apresentações e, para marcar as comemorações do jubileu de ouro, a Sociedade Teatral de Fazendo Nova introduziu novas cenas grandiosas, renovou figurinos e apresentará um elenco de artistas convidados com nomes de destaque no cenário nacional: Rômulo Arantes Neto (Jesus), Letícia Birkheuer (Maria), Joaquim Lopes (Pilatos), Aline Riscado (Herodíades), Adriana Birolli (Madalena), Raphael Vianna (Herodes) e Jesus Luz (Apóstolo João).
Uma das inovações cenográficas desta temporada poderá ser vista no cenário do Palácio de Herodes, onde acontece o Bacanal. Durante a festa, chegam os Sacerdotes judeus levando Jesus preso para que o Rei Herodes o julgue. 


A novidade nessa cena será a entrada apoteótica do Rei Herodes e sua Rainha Herodíades em uma suntuosa e gigantesca carruagem dourada, conduzida por dezesseis escravos mascarados, usando figurinos negros, passando um clima de mistério e revelando toda a imponência do Rei da Galiléia.
Além disso, a cinematográfica cena do Fórum Romano, onde Pôncio Pilatos lava as mãos e condena Jesus à morte, será ainda mais impactante. A entrada do governador romano em seu Palácio, numa Biga Romana puxada por belos cavalos negros e brancos, foi totalmente renovada.

 Uma enorme passarela em pedra foi construída para dar total visibilidade à entrada do governador da Judéia em seu fórum, de forma que, no trajeto de acesso ao Palácio, toda a sua centúria estará perfilada lateralmente prestando reverência ao Procurador Romano.
O mega espetáculo é apresentado por 50 atores e cerca de 400 figurantes em uma cidade-teatro de 100 mil m², cercada por gigantescas muralhas de pedra de quatro metros e 70 torres de sete metros. 

Em seu interior, nove palcos plateia, que são réplicas dos prédios e lugarejos da Jerusalém dos tempos de Jesus, criam os cenários marcados pelo realismo e beleza plástica.


Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário