terça-feira, 14 de março de 2017

Prefeito da cidade de Tuparetama sofre derrota no TSE
O prefeito de Tuparetama, Sávio Torres (PTB) sofreu uma derrota importante, mas não definitiva, no julgamento da ação que pede a sua inelegibilidade e, consequentemente, a impugnação do seu registro de candidatura. Sávio foi eleito prefeito de Tuparetama em outubro.
Imagem relacionada
Um dos motivos para sua condenação, foi o não recolhimento das contribuições previdenciárias dos servidores quando gestor, em 2006. Sávio foi acusado de ter recolhido dos servidores e não ter passado para o instituto de previdência do município.
O TSE iniciou o julgamento do recurso especial impetrado pelo Ministério Público Eleitoral e pela Frente Popular de Tuparetama, que pede revisão da decisão tomada em dezembro pelo TRE.
Resultado de imagem para imagens do tre pe
O Tribunal Regional Eleitoral havia mantido o registro de candidatura de Sávio, que também conseguiu o direito, em primeira instância, quando teve o pedido de candidatura deferido pela Juíza Eleitoral, Ana Marques Veras. Desde lá, MP e Frente Popular de Tuparetama tem ingressado com recursos, até então todos negados.

Porém, na última terça-feira, o ministro Luiz Fux, relator do processo, votou pelo provimento do recurso especial, entendendo que há elementos para declarar a inelegibilidade de Sávio.
Resultado de imagem para imagens de ministro Luiz Fux,
Fux afirmou que o teor do seu voto tem base em ementa dos requisitos para as condições de elegibilidade. Ele destacou a decisão da Câmara de Tuparetama de rejeitar a prestação de contas previdenciárias de 2006 de Sávio pelo não recolhimento das contribuições. “Ele cometeu essas infrações à legislação eleitoral atestadas pelo Tribunal de Contas e Câmara de Vereadores”, concluiu o ministro”.

Blog do Nill Júnior




Nenhum comentário:

Postar um comentário