sábado, 29 de abril de 2017

Trabalhadores ligados ao MST foram agredidos por homens fortemente armados 
Homens fortemente armados agridem com golpes de facão trabalhadores rurais do acampamento Filhos da Luta em Santa Maria da Boa Vista-PE.

O departamento de comunicação do MST do município de Santa Maria da Boa Vista, sertão do São Francisco do estado de Pernambuco, denuncia de que seis homens fortemente armados agrediram dois agricultores do acampamento Filhos da Luta, antiga Fazenda Milano.

Segundo José dos Santos, um senhor de 53 anos de idade, um dos agredidos pelos homens armados, relatou que eles (os trabalhadores rurais do MST) estavam retirando uma madeira seca no acampamento, quando foram abordados por um grupo de homens armados e foram logo fazendo ameaças, agredindo-os com golpes de facão e coronhadas.

As famílias do acampamento estão amedrontadas com tamanha audácia dos homens com características de pistoleiros, em agir como milícias, ou seja, agindo por conta própria, e eles ainda reclamam que a polícia até o momento não adotou nenhuma providência por conta dessas ações ilegais.

Ainda de acordo com o Sr. José dos Santos ao relatar o episodio, os agressores ameaçaram lideranças do acampamento prometendo tirar as vidas dos mesmos.

Os agricultores agredidos foram ao hospital para receberem os cuidados médicos, e em seguida se dirigiram até a Delegacia do município para registrar o Boletim de Ocorrência – BO.


Com informações Didi Galvão


Nenhum comentário:

Postar um comentário