sexta-feira, 14 de julho de 2017

Bope colocará 300 homens na rua para reforçar segurança de Pernambuco, afirma Governo do Estado

Na manhã desta quinta-feira (13), o governador Paulo Câmara visitou as instalações da sede do Bope, localizada no Recife e conferiu de perto o curso de formação da corporação que fará parte do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE). Trezentos policiais militares serão treinados para reforçar ações de combate à violência e contra o crime organizado no Estado.

Dividido em quatro módulos, com duração de quatro meses e meio de aulas teóricas e práticas, o Curso de Formação do BOPE desenvolve desde competências técnicas, como orientações de navegação, montanhismo, trato e conhecimento de animais peçonhentos, explosivos e transposição de obstáculos, até conhecimentos em operações e inteligência em segurança pública.

Os policiais que fazem parte da unidade passam por um rigoroso teste antes de integrar o batalhão. Além disso, os aprovados realizam uma capacitação com profissionais de alta qualificação no combate ao crime organizado. Entre outras atuações em que a tropa será alocada, estão: negociações com sequestros com reféns; combate ao tráfico de drogas; e operações especiais no meio urbano.

A expectativa é de que parte da tropa comece a atuar efetivamente no segundo semestre desse ano. Atualmente, o BOPE conta com 120 homens integrados à sua corporação. Além da criação do BOPE, houve a divulgação do Plano de Segurança de Pernambuco que contará com algumas ações, entre elas, a renovação e ampliação da frota de viaturas para as Polícias Militar e Civil de Pernambuco e para o Corpo de Bombeiros.

Em entrevista á Rádio Jornal, Paulo Câmara falou sobre a situação da segurança do Estado:




Com informações do Diário de Pernambuco


Nenhum comentário:

Postar um comentário