terça-feira, 4 de julho de 2017

Governador Paulo Câmara defende unidade dentro do PSB

Em meio às divergências internas do PSB, o governador Paulo Câmara (PSB), vice-presidente nacional da legenda, afirmou, nesta segunda-feira (3), está tentando construir a unidade, diante dos ruídos do cenário nacional. O gestor foi questionado sobre a ofensiva do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) sob os parlamentares da legenda. Paulo Câmara admitiu ruídos, mas afirmou que o PSB trabalha "incansavelmente" em busca de harmonia partidária.

"O PSB é um partido que discute muito internamente, mas sempre consegue achar soluções em busca de unidade. É isso que a gente está buscando construir, estamos passando um momento muito difícil, muito conturbado. E o PSB tem buscado aí, dentro das suas contribuições que pode oferecer ao País, construir uma unidade necessária. Às vezes, deixa alguns ruídos, mas a gente está trabalhando incansavelmente. Eu, como dirigente partidário, tento o máximo de unidade possível no âmbito do partido", garantiu.

O governador também disse desconhecer articulações para que ele cedesse a vice-liderança do partido em nome da unidade entre os grupos do atual presidente, Carlos Siqueira, e do vice-governador de São Paulo, Márcio França. No entanto, ele admitiu que ajudará em qualquer iniciativa em favor da unidade. "O que for para contribuir para a unidade do partido nós vamos ajudar", disse.


Com informações de Carol Brito, da Folha de Pernambuco



Nenhum comentário:

Postar um comentário