segunda-feira, 31 de julho de 2017

“Talvez algo que esteja errado não seja conosco", declara o deputado federal João Fernando Coutinho (PSB) sobre grupo que o apoiou na cidade de Jataúba
No último sábado aconteceu na cidade de Caruaru mais uma edição do Pernambuco em Ação, durante o evento vários políticos e lideranças estiveram presentes ao lado do governador Paulo Câmara, e o radialista Ruy Siqueira da rádio Jataúba FM conseguiu finalmente uma entrevista com o deputado federal João Fernando Coutinho (PSB) que teve o apoio do grupo de oposição em Jataúba nas eleições de 2014 onde obteve 2.855 votos e estranhamente sumiu após as eleições sendo alvo de muitas críticas até mesmo por parte daqueles que o apoiaram há época.

Durante a entrevista João disse que tem um profundo respeito pela população de Jataúba, e que sempre tem uma atuação parlamentar efetiva nas cidades onde foi votado, e que Jataúba talvez tenha sido um ponto fora da curva, quanto as justificativas do grupo de que o mesmo não teria cumprido os acordos feitos o deputado disse que quem tem boca fala o que quer, mas, ressaltou que tem a sua consciência tranquila de tentou fazer tudo o que estava ao seu alcance.

João disse que fez muito sacrifício para tentar unir o grupo, mas, que infelizmente a liderança maior se referindo ao líder político (Fábio Mamão), não soube conduzir o processo. “Logo que acabou as eleições de 2104 o grupo que me apoiou em Jataúba já estava todo dividido, era uma briga, uma arenga, cada um que ia no meu gabinete quando eu ainda era deputado estadual levava uma conversa diferente, e eu disse, não vou entrar no meio dessa arenga”, disse João Fernando.

João disse que tem ajudado o município em algumas ações como a luta pra incluir Jataúba e outras cidades que estavam fora do projeto inicial da adutora do agreste para que as mesmas sejam beneficiadas, e ressaltou a sua luta pela lei que regulamenta a vaquejada, fato que segundo ele beneficia diretamente a população de Jataúba e região, quanto às cobranças o deputado disse que não vai ficar batendo boca com ninguém, porém, a população tem como acompanhar o seu trabalho e disse que tem amigos que irão reconhecer a luta por ações que beneficiam o município.

Ainda sobre o grupo de oposição que o apoiou João Fernando disse: “Talvez algo que esteja errado não seja conosco, tenho gratidão ao grupo que me apoiou, mas, perderam a eleição mais uma vez pela falta de uma composição mais madura, eu não posso ser responsabilizado pelas divisões do grupo, e se alguém se beneficiou mais do que outro, se alguém vestiu a camisa, fez mais campanha do que outro, não sou eu que tenho que avaliar, desde o começo a composição política do grupo me pareceu um pouco equivocada, pois, não tínhamos a catalisação do grupo em torno da liderança maior”, destacou João Fernando Coutinho.


João
disse que independente de voto sempre terá um profundo respeito e será amigo de Mamão, pois, reconhece a sua luta, porém, disse que nunca foi procurado e que em nenhum momento o grupo que o apoiou no município levou qualquer demanda ou pedido relevante para que o mesmo pudesse viabilizar, e disse: “Estou à disposição do atual prefeito do município até mesmo para destinar emendas individuais, pois, tenho gratidão e uma dívida com o povo de Jataúba”, disse o deputado que ressaltou que não irá fazer nada só para beneficiar A, B ou C, mas, sim para a maioria da população.

Por fim João disse: “Se o prefeito me procurar estou à disposição para destinar emendas para a saúde, ambulâncias, kit para o Conselho Tutelar, perfuração de poços artesianos junto ao DENOC's, o que não posso é sair procurando onde é que agente vai colocar emendas, até porque todos os dias somos demandados por lideranças e prefeitos que vão até o nosso gabinete”, concluiu o deputado.

A entrevista cai como uma verdadeira bomba na cidade de Jataúba, já que até então a versão apresentada pelo grupo que apoiou o deputado nas eleições de 2014 era totalmente diferente, diante de tudo isso agora é aguardar a postura do grupo. Será que alguém irá rebater as declarações do deputado? Por outro lado, será que o prefeito do município irá aproveitar a deixa do deputado e buscará recursos com o mesmo para o município? Só o tempo trará as respostas.

Confira a entrevista na íntegra CLICANDO (AQUI).


Jota Silva / Ruy Siqueira



PARCEIRO DO BLOG PORTAL DO AGRESTE

Nenhum comentário:

Postar um comentário