quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Governo de Pernambuco discute parcerias com o grupo espanhol Globalia
O objetivo é criar uma conexão direta entre Recife e Madrid, além de linhas de negócios nos setores turístico e hoteleiro

Pernambuco deu mais um passo importante na conexão com o continente europeu, na manhã desta quarta-feira (02.08). Após anunciar operação do voo direto Recife/Munique, na Alemanha, no último dia 26 de julho, o Governo do Estado planeja, agora, uma nova parceria com a Espanha.

 O objetivo é expandir a conexão turística e econômica entre ambos, através da criação de um voo direto entre Recife e Madrid. A proposta foi discutida pelo governador Paulo Câmara e o CEO do Grupo Globalia e da Air Europa, Juan Javier Hidalgo, em encontro no Palácio do Campo das Princesas, no Recife. Além disso, também foram abordados possíveis novos investimentos nos setores turístico e hoteleiro.
“Ficamos felizes com essa oportunidade de poder desenvolver novas parcerias com um grupo importante e que reconhece as potencialidades de Pernambuco. Essa união pode gerar muito mais do que um voo. Significa a possibilidade de muitos outros frutos, investimentos que nos ajude a crescer e desenvolver. Pernambuco está buscando trabalhar a agenda do futuro, mas sem esquecer também do que ainda falta ser feito. Então, eu vejo esse inicio de parcerias com a Globalia como uma oportunidade para que possamos estar inseridos nessa economia globalizada e para que possamos, também, expandir os nossos potenciais. Espero concretizar essas parcerias”, ressaltou o governador.
O CEO da Globalia acredita que há espaço para uma forte ampliação e massificação do turismo espanhol no Nordeste, assim como do brasileiro na Espanha. “As empresas do Grupo Globalia trabalham em sinergia, e tencionam desenvolver o mercado turístico da America do Sul e apresentar o mercado brasileiro à Europa. Há muito potencial para parcerias entre o nosso grupo e Pernambuco, não apenas sob a forma de voos da Air Europa, mas também com relação à promoção do Estado como destino na Espanha”, afirmou.
 
Na ocasião, o Consul da Espanha, Gonzalo Fournier, fez questão de reafirmar o interesse do País em formalizar parcerias com o governo pernambucano. “A iminente assinatura do Acordo de Livre Comércio entre a União Europeia e o MERCOSUL deverá trazer benefícios diretos para o Estado pernambucano. Se para países como México e Chile este acordo poderá representar um aumento significativo nas exportações, para o Brasil, particularmente para Pernambuco, abre-se uma janela de oportunidades para desenvolver parcerias com a Espanha, em especial no setor turístico”, declarou. 

No intuito de viabilizar uma aproximação do Estado com o País, o Cônsul explicou ainda que, apesar do Consulado estar situado em Salvador, há total disponibilidade para apoiar uma eventual missão do governador à Espanha.
 
Para o secretário estadual de Turismo, Esporte e Lazer, Felipe Carreras, a vinda do grupo sinaliza que Pernambuco e Recife estão no caminho certo da consolidação do Estado como um destino turístico de destaque no Nordeste e no Brasil. “Eles já tinham noção dos nossos potenciais, e mostraram interesse em celebrar parcerias com o governo. A gente espera, em breve, dar boas notícias para os pernambucanos de grandes investimentos. Até porque quando falamos de turismo, falamos de oportunidades e empregos”, frisou, complementando: “O grupo Globalia contempla empresas hoteleiras e turísticas de destaques na Europa. Então, eles não vêm só pensando na possibilidade de conectar um voo de Recife para Madrid, mas também fazer outros investimentos em Pernambuco”.
Presente no encontro, o prefeito Geraldo Julio destacou a importância do voo Recife-Madrid para o turismo e para a economia dos dois países, e afirmou que a iniciativa significa também uma forte conexão de estratégias. “Nós somos a única capital do Nordeste a ter conexão direta com todas as outras da região. E contamos também com polos médico, comercial, gastronômico, educacional e industrial muito bem desenvolvidos e de destaque no Nordeste. Então, nós buscamos ampliar os nossos serviços através da expansão dessas conexões, para que os quase 55 milhões de nordestinos possam, a partir do Recife, se conectar ao mundo. Não é só um voo, nós queremos conectar estratégias de desenvolvimento para a consolidação dos nossos potenciais”, cravou.
 
O encontro também contou com a presença dos secretários estaduais Márcio Stefanni (Planejamento e Gestão) e José Neto (Relações Internacionais); a secretária de Turismo, Esporte e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça; o diretor da Air Europa, Enrique Ambrósio; o diretor de Desenvolvimento Internacional da Globalia, Lisandro Menu-Marque; e o diretor geral de Operações Turísticas da Globalia, Emílio Rivas Botero.


Com Informações da Assessoria de Comunicação


Nenhum comentário:

Postar um comentário