quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Procon de Santa Cruz do Capibaribe realiza fiscalizações em supermercados e agências bancárias do município
O Procon de Santa Cruz do Capibaribe tem realizado nos últimos dias várias fiscalizações no intuito de verificar possíveis irregularidades, entre os setores visitados estão supermercados e agências bancárias da Capital da Moda.
Segundo o coordenador do órgão em Santa Cruz do Capibaribe, Thalys Henrique, a fiscalização teve início na segunda-feira (28) nos supermercados do município, onde foram realizados três autos de constatação de irregularidades, entre eles, produtos vencidos e falta de informação nos preços do produto.
Três supermercados foram autuados e as situações irregulares foram encaminhadas para a gerência jurídica do Procon-PE para a emissão de multas, que deverão chegar em um prazo máximo de 15 dias. As multas são passíveis de recursos no prazo de 10 dias a contar da data do recebimento. Vale destacar que os alimentos encontrados, foram destruídos nos locais.
Anda de acordo com o coordenador, em breve a equipe de fiscalização voltará aos locais e verificará se foram feitas as regularizações, pois caso contrário poderá haver interdições dos estabelecimentos que foram autuados.
Já nesta terça-feira (29), a fiscalização esteve visitando as agências bancárias do município, onde houve três autuações, entre elas, tempo limite nas filas, ausência de chancela eletrônica para emissão de senhas, além de outras orientações como a disponibilidade um Código de Defesa do Consumidor (CDC) visível e informações claras e precisas ao Consumidor quanto as taxas de juros de empréstimos.
O coordenador Thalys Henrique falou sobre a importância e o objetivo da ação.

“Toda essa operação tem como objetivo punir aqueles fornecedores que descumprem as normas consumeristas e, também para que as pessoas saibam que o município conta com um órgão de defesa do consumidor e sempre que todos precisarem, nós iremos autuar contra aqueles que insistem em descumprir os preceitos legais” – destacou.


Ney Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário