quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Assaltantes fazem mais um “passeio turístico” pelo Brejo da Madre de Deus e realizam mais um arrastão bem sucedido

Alguns bares e lanchonetes fecharam as portas e a cidade ficou deserta. (Foto: Avenida Cleto Campelo)

Os brejenses tiveram mais uma quarta-feira de muito terror causado por criminosos, que ao que parece, por um determinado momento “tomaram conta da cidade”, subtraindo bens dos cidadãos trabalhadores.

O terror começou logo cedo com uma tentativa de assalto a uma jovem na Vila Balança. De acordo com informações repassadas por moradores da localidade a reportagem do Blog Estação Notícias, era por volta das 16h desta quarta-feira (20) quando dois elementos passaram de moto e avistaram uma garota sentada em frente de sua residência com o celular na mão. Os criminosos retornaram, apontaram a arma e mandaram a vítima entregar o celular. Assustada, ela jogou o aparelho para dentro do quintal da casa e correu. Os assaltantes foram embora xingando a garota que ficou bastante assustada com o ocorrido.

Durante a noite vários assaltantes em uma Hilux de cor preta e juntamente com dois elementos em uma moto cada um, fizeram um grande arrastão e tocaram o terror pela Avenida Cleto Campelo e principais ruas da cidade. A ação criminosa começou após as 19h30min, sendo assaltada Jaqueline, que é irmã do vereador Avecino Lima. A mulher teve seus pertences levados pelos assaltantes que apontaram uma arma e mandaram a mesma entregar tudo o que tinha de valor.
A sensação é de total insegurança! (Foto: Avenida Cleto Campelo)

Outras pessoas também foram assaltadas pela Avenida que ainda estava movimentada por ser cedo da noite. Os bandidos continuaram o “passeio turístico pelo Brejo da Madre de Deus” fazendo vítimas pelas ruas próximas ao centro da cidade, atacando quem estava transitando pela rua ou estava saindo do trabalho, de sua casa ou até mesmo da igreja.
Imagem Ilustrativa 

Após fugirem pela zona rural do Brejo da Madre de Deus, minutos após começaram a chegar às informações de novas vítimas por onde eles passaram, inclusive no sítio Logradouro.

Após um áudio circular pelo WhatsApp informando os ataques dos assaltantes, alguns bares e lanchonetes fecharam suas portas e a cidade ficou com as ruas desertas. Pouquíssimas pessoas tiveram coragem de sair de casa. A população está cada vez mais revoltada com a criminalidade em nossa cidade que cresce assustadoramente e ninguém faz nada para mudar esta situação.


Do Estação Notícias


Nenhum comentário:

Postar um comentário