quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Em Jataúba mais uma sessão cheia de polêmicas e trocas de farpas foi realizada na câmara de vereadores nesta segunda-feira
Nesta segunda-feira 18 aconteceu mais uma sessão ordinária na câmara de vereadores de Jataúba-Pe, com a presença de um bom público e os 11 vereadores a sessão como sempre foi quente e cheia de troca de farpas entre os parlamentares, onde seis deles fizeram uso da tribuna. 

O ponto mais esperado de todos que era a indicação do terceiro membro que irá compor a CPI mais uma vez foi adiada e ficou pra ser resolvida na próxima reunião.
O Presidente da casa vereador Paulo Floriano (PMDB) disse que dentro do rito o PTB terá que indicar um nome a cada reunião e se nenhum membro do partido quiser participar ai sim chegará ao vereador Maviael que tem o desejo de fazer parte da comissão, o presidente mais uma vez disse que iria consultar a assessoria jurídica já que os vereadores do PTB querem indicar Maviael de forma direta ficando a decisão para a reunião de quinta-feira dia 21.
Informações extraoficiais obtidas por nossa equipe dão conta de que como os vereadores do PTB não querem participar da CPI à decisão do terceiro membro ficaria entre os partidos restantes PSD que tem o vereador Maviael e PSDB que tem o vereador Zito Lopes e dessa forma não chegando há um consenso à decisão deve ir pra votação em plenário o que se for confirmado deve gerar muita discussão.
Confira o resumo dos discursos:
Maviael (PSD) – O vereador parabenizou o presidente da câmara pela atitude de ter encerrado a reunião anterior por segundo ele não ter condições de continuar devido à intervenção de populares, Maviael deixou claro que nunca concordou com as atitudes de seu pai o ex-vereador Abílio nas reuniões da câmara. Se dirigindo ao vereador Veinho ele disse que o mesmo só sabe agradecer a guarda comunitária e parabenizar os eventos realizados e sugeriu que o mesmo fizesse uma lista com a data de aniversário dos seus eleitores assim toda semana ele terá alguém para parabenizar.

Já com relação ao questionamento feito por Veinho na última sessão disse que o mesmo foi mandado por alguém e que já teria sido alertado anteriormente quanto a isso, ele disse que a intenção do vereador foi tirar o foco da CPI, já que segundo ele a mesma tem sido um calo no sapato de muita gente, mas, que nada vai interferir, Maviael disse que o que aconteceu no passado foi um erro, foi segundo ele confiar em quem não deveria e disse que a maior virtude de um homem é reconhecer o seu erro e disse que paga um preço alto por isso.

O Vereador ainda falou que recentemente em conversas o próprio Veinho estava falando do prefeito e relacionado à votação das contas do prefeito disse que sua esposa na época vereadora não queria votar a favor, mas, ele articulou tudo e assumiu toda responsabilidade, ele ainda disse que o fato do prefeito ter cinco mandatos não quer dizer que ele é o melhor e o comparou ao ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral. Por fim Maviael disse a Veinho que ele o prefeito e quem tiver bancando a campanha pode juntar o dinheiro que quiserem que ele jamais sentará na bancada de situação.

Veinho (PMDB) – O vereador disse que vai continuar fazendo os seus agradecimentos à guarda comunitária mesmo que isso incomode o vereador Maviael e agradeceu pelo carinho dos GCC’s que segundo ele o consideram como o protetor o padrinho dos mesmos e disse está tranquilo, pois, têm serviços prestados a população, Veinho disse que as vezes que não conseguiu se eleger foi considerado o melhor suplente de vereador que Jataúba já teve e disse ter recebido elogios pelo questionamento que fez ao vereador Maviael.

Veinho disse que Maviael é acostumado a fazer manobras e o desafiou: “Preste atenção no meu passado político e olhe o seu, o senhor fala que eu fui ajudado, mas é porque me preocupo e resolvo os problemas do povo, por isso eu antes era reserva e hoje sou titular”, disse o vereador. Ele rebateu a Zuza e Maviael dizendo que tem serviços prestados por está ao lado do prefeito e os aconselhou a honrarem os votos que tiveram, Veinho finalizou dizendo: “Tudo que o senhor vier eu tenho uma resposta”, se referindo ao vereador Maviael.

Zuza do Jacú (PTB) – Ressaltou a importância do trabalho da guarda, mas, disse que tem que se agradecer a população que é quem banca os mesmos, disse não concordar com Veinho se considerar o melhor suplente do município, pois, o mesmo sempre viveu debaixo das asas do prefeito e disse que pra fazer algo pelo povo não é preciso está embaixo das asas de ninguém. Mais uma vez o vereador apresentou dados de gastos com combustíveis na câmara e disse que encontrou alguns números muito estranhos, Zuza pediu explicações, pois, segundo ele os números apresentados foram extraídos do TCE-PE.

Questionado pelo vereador Jackson a cerca de débitos deixados com a Celpe na época em que o mesmo era responsável pelo chafariz da Passagem do Tó o vereador disse que deixou tudo pago e disse que ninguém pode defender algo que está errado com mentiras, e falou que iria apresentar os comprovantes que deixou tudo em dias.

Firoca (PTB) – Disse ao vereador Veinho que já que o mesmo se intitula o protetor da guarda comunitária que peça ao prefeito para regularizar os mesmos para que assim eles possam ter condições dignas de trabalho. Firoca cobrou o empenho e pediu que se unam os onze vereadores, o prefeito do município e os sulanqueiros para a criação de uma feira onde os confeccionistas do município possam expor as suas mercadorias as margens da PE, pois, segundo ele passam centenas de compradores e citou como exemplo uma feira que foi criada no Distrito de Pão de Açúcar em Taquaritinga do Norte.

Firoca cobrou ao vereador Jackson que sejam construídas quadras poliesportivas nos distritos do Jundiá, Passagem do Tó, Jacú, e Riacho do Meio para que os jovens possam ter um local para a prática de esportes. Por fim o vereador pediu celeridade do presidente da câmara no sentido de indicar o terceiro nome que irá compor a CPI para que os trabalhos possam ser iniciados e disse que a sua indicação é para que o vereador Maviael seja esse nome.

Jackson Galego (PSB) – Agradeceu a cobrança do vereador Firoca e disse que mesmo em meio às dificuldades irá consultar a secretária de educação para ver a probabilidade de alocar recursos para a construção das quadras, Jackson justificou faltou a última reunião porque estava viajando e disse que não abre mão de participar da CPI, pois, diante da lei é um direito que ele tem, ainda segundo Galego se lá na frente à justiça o tirar é outra coisa, mas, agora nada o impede de fazer parte da comissão e disse que quer que essa CPI comece logo. Com relação às cobranças da oposição ele disse que umas ele agradece e outras ele desconsidera.

O vereador falou sobre as condições do chafariz da Passagem do Tó que segundo ele há 60 dias não está funcionando por conta de um débito de mais de aproximadamente 3 mil reais deixados por quem geria o mesmo que segundo ele era a oposição através do vereador Zuza e questionou: “Isso vocês não cobram, eu esperei vocês cobrarem, mas, não aconteceu porque era responsabilidade de vocês”, disse ele. Segundo Jackson na época era cobrado 0,50 centavos por lata d’água e não pagaram a conta de energia.
Resultado de imagem para imagens de jackson galego e ze humberto
Mais uma vez Galego agradeceu ao deputado estadual José Humberto pela intervenção junto aos correios, pois, segundo ele já houve uma melhoria nos serviços no município e disse que segundo o deputado em breve a cidade terá um carteiro permanente e disse que esse ao contrário de outros deputados que só aparecem em época de eleição tem se preocupado e buscado melhorias para o município.

Rebatendo as declarações de Maviael o vereador disse que é bom mesmo que ele nunca mais venha pra o grupo de situação, pois, se ele vier quem sai é ele, pois, não confia no mesmo que diz uma coisa e pratica outra e citou uma entrevista concedida por Maviael na época que rompeu com Antônio de Roque onde segundo Jackson o mesmo teria deixado claro que estava armando e se eleito seria oposição. “O senhor sabe por que veio pra o nosso grupo, a sua conversa foi comigo e o senhor sabe muito bem onde foi, mas, isso não vem ao caso”, disparou Jackson.

Paulo Floriano (PMDB) – O vereador falou que sobre os gastos com combustíveis apresentados pelo vereador Zuza onde a câmara já gastou pouco mais de 17 mil reais os números são esses mesmos e disse que tem um orçamento de 29 mil esse ano para gastar com combustíveis e a recomendação do TCE é que as câmaras usem todo o orçamento e não devolvam nada para a prefeitura.

Paulo disse que preza pelo dinheiro público e que muita coisa que tem na câmara hoje foi adquirido na sua gestão como copiadora, geladeira e a aquisição de mais um veículo, pois, antes só tinha um e hoje a câmara dispõe de dois, o vereador disse que quando assumiu nesse último mandato tinha 5 mil e 600 reais em caixa, mas, não pôde usar pelo fato de ser da gestão anterior e por isso disse que pegou a casa sem nenhum real. O vereador disse que nesse período com as economias feitas já tem dinheiro de comparar um carro 0km e que em breve irá leiloar os dois que tem hoje.

Por fim, ele agradeceu o comportamento do público presente e disse que quer sempre ver a casa cheia para que a população possa acompanhar o trabalho dos vereadores.

A próxima sessão está marcada para a próxima quinta-feira às 20 horas.


Jota Silva / Agreste No Ar/ Fotos Jataúba FM


Nenhum comentário:

Postar um comentário