sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Governo de Pernambuco e Unicef firmam acordo para fortalecer educação da Rede Municipal de Ensino
A parceria, assinada pelo governador Paulo Câmara, é focada na Educação Infantil e no ciclo de Alfabetização 

Investir na educação básica dos municípios para, posteriormente, fortalecer a Rede Estadual de Ensino. Foi com esse objetivo que o governador Paulo Câmara, ao lado da primeira-dama Ana Luiza, firmou, nesta quinta-feira (21.09), no Palácio do Campo das Princesas, um Memorando de Entendimento junto ao Unicef que visa a implementação do "Projeto Educação Integrada" realizado pelo Governo de Pernambuco em 15 escolas municipais.

 O documento também foi assinado pela representante do instituição no Brasil, Florence Bauer, que está em missão no Estado. A parceria é focada na Educação Infantil e no ciclo de Alfabetização e pretende assegurar a crianças entre 4 e 10 anos de idade a conclusão dos estudos, alcançando as metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - IDEB para o ano de 2019.
"Temos a melhor educação pública do Brasil hoje porque estamos sempre trabalhando, buscando formas de melhorar o ensino e adotar medidas que tornem a nossa escola atrativa para os alunos. E parcerias são essenciais para que isso continue a dar resultados. Com a Unicef, vamos avançar um faixa que necessita de muito esforço para que as nossas crianças cheguem bem preparadas as próximas etapas de ensino", ressaltou o governador Paulo Câmara.

Entre as ações que serão realizadas pelo Estado para a execução do Projeto de Educação Integrada estão a realização de diagnóstico acerca da rede escolar dos municípios, do desempenho dos estudantes, dos possíveis entraves aos processos educacionais, o monitoramento de processos e resultados da Rede Municipal de Ensino, além do mapeamento da rede física das escolas. O Unicef, por sua vez, terá, entre outras responsabilidades, compartilhar a expertise estratégica pela educação com as secretarias estadual e municipal de Educação, realizar o diagnóstico técnico e pedagógico das redes municipais de ensino e apoiar a implantação dos parâmetros curriculares, de salas de aula, de formação docente e de desempenho estudantil.
Florence Bauer esclareceu que o Projeto é baseado em iniciativas realizadas em outros Estados brasileiros, mas foi personalizado para a área de Educação de Pernambuco. “Esse acordo tem como objetivo reduzir a distorção da idade-série, de aumentar a alfabetização e de prevenir o abandono escolar. Agora, vamos trabalhar junto ao Estado para apoiar esses municípios e melhorar não só os temas relacionados à infância e à educação, mas à saúde e à prevenção de gravidez na adolescência”, afirmou Florence.

Para o secretário de Educação, Fred Amâncio, o acordo terá um impacto interessante para os 15 municípios que hoje contam com o projeto no curto prazo, mas, lá na frente, colocará a educação estadual de Pernambuco em um patamar ainda maior. As 15 cidades que fazem parte do Projeto são: Trindade, Cabrobó, Floresta, Salgueiro, Flores, Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Bom Conselho, São Bento do Una, Santa Cruz do Capibaribe, Bonito, Tamandaré, Timbaúba, Itapissuma e Camaragibe.
“Esses estudantes (que farão parte do Projeto) fazem Educação Infantil, o ciclo de alfabetização, e o Ensino Fundamental no município, e só depois vêm para o Estado. Então, o objetivo é melhorar a qualidade da educação municipal para recebermos estudantes melhores e aprimorar a educação estadual", afirmou, acrescentando: “Se a gente faz tudo isso e já temos esse resultado tão bom com alunos que ainda têm muitas carências, se a gente der esse passo de melhorar a educação dos municípios, ninguém segura mais Pernambuco”.

A Unicef é um órgão das Nações Unidas que tem como objetivo promover a defesa dos direitos das crianças, ajudar a dar resposta às suas necessidades e contribuir para o seu desenvolvimento.


Com Informações da Assessoria de Comunicação


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário