quinta-feira, 21 de setembro de 2017

Ministério Público pode recorrer em processo que pede a cassação do prefeito Edson Vieira e aliados ainda essa semana
O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) deverá recorrer ainda essa semana contra a decisão do juiz eleitoral Flávio Krok Franco, que apenas multou o prefeito Edson Vieira (PSDB), o vice-prefeito Dida de Nan (PSB) e o vereador Joab do Oscarzão (PSD) em um caso de suposta irregularidade eleitoral

A denúncia contra os situacionistas se deu durante o final da campanha do ano passado, onde na ocasião Edson, Dida e Joab foram acusados de terem supostamente cometido irregularidades eleitorais durante um evento promovido pelo Movimento dos Trabalhadores sem Teto (MTST), na casa de recepções Glamour, em Santa Cruz do Capibaribe.

No último dia 12 de setembro, o referido juiz multou os três políticos citados com base nos autos presentes na denúncia, porém afastou a possibilidade de cassação dos cargos, derrubando assim a denúncia do MPPE.

Nesta quarta-feira (20) o Ministério Público foi notificado oficialmente sobre a decisão do juiz e, segundo informações, já está se preparando para recorrer no processo, levando adiante o pedido de cassação dos situacionistas.



Bruno Muniz


Nenhum comentário:

Postar um comentário