sábado, 28 de outubro de 2017

Após derrubar denúncia contra Michel Temer, governo vai 'reorganizar' base aliada, diz Moreira Franco
Após a Câmara dos Deputados barrar a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer com menos votos do que na ocasião em que foi rejeitada a primeira acusação.

 O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, afirmou que o governo “sai fortalecido” do episódio para “reorganizar” a base de apoio parlamentar e implementar sua agenda econômica, cuja principal proposta é a reforma da Previdência Social.

Apesar da perda de 12 votos, Moreira discorda das análises que indicam um governo enfraquecido. Segundo o titular da Secretaria de Governo, a “grande luta política” da oposição se deu na obtenção do quórum mínimo para realizar a votação da quarta, que era de 342 deputados. A oposição se articulou para não registrar presença e conseguiu atrasar a votação.

“O governo sai fortalecido porque nós conseguimos derrotar a oposição na questão do quórum por uma diferença enorme, que permite que nós possamos reorganizar a nossa base e trabalhar em torno de mudanças até de quórum qualificado, como a reforma da Previdência”, disse o ministro.


G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário