sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Hub da Azul comemora 1º ano em Pernambuco com o lançamento de três novos voos internacionais

Durante solenidade no Palácio do Campo das Princesas, nesta quinta-feira (05.10), o governador Paulo Câmara destacou a consolidação do Estado como o segundo maior centro internacional de conexões do Brasil
No dia em que é celebrado o primeiro ano do hub da Azul Linhas Aéreas em Pernambuco, o governador Paulo Câmara anunciou a ampliação da malha aérea pernambucana durante solenidade realizada, nesta quinta-feira (05.10), no Palácio do Campo das Princesas. Serão três novos voos internacionais: dois para a Argentina, ligando o Recife às cidades de Córdoba e Rosário, e um conectando a capital pernambucana a Fort Lauderdale, nos Estados Unidos. Com a chegada dessas novas interligações, Pernambuco passa a contar com 27 destinos, consolidando o Estado como segundo maior centro de conexões internacionais do Brasil. Paulo aproveitou a ocasião para destacar a parceria entre a administração estadual e a companhia. 

“Chegamos a uma equação que foi boa para o Estado, para a conectividade, para o turismo, para as oportunidades e, também, para a Azul. A partir disso, foi implantado esse hub, que, hoje, tem uma conexão com 27 destinos, com a criação de voos para os Estados Unidos e para a Argentina. Isso mostra, claramente, que a Azul apostou certo e que o caminho que foi traçado está rendendo frutos que irão se perpetuar. E queremos que tudo o que planejamos para o nosso Estado só possa ter mais ganhos”, afirmou o governador Paulo Câmara.
Paulo também ressaltou o impacto econômico que o hub da Azul em diferentes cadeias produtivas do Estado “Gera emprego, renda e alternativas. Isso porque, quando as pessoas decidem investir em Pernambuco, observam a infraestrutura, a qualidade da mão de obra, os incentivos e, também, a conectividade. Agora, com a participação da Azul, estamos muito bem servidos com as conexões da parte aérea e vamos continuar a investir muito mais”, ressaltou. 

Um ano após a implantação do hub da Azul em Pernambuco, o presidente da companhia, John Rodgerson, constatou que o Recife se notabilizou como o coração do Nordeste para a empresa. “A parceria com o Governo de Pernambuco deu certo. Decidimos, no meio da crise, investir em Pernambuco e creditamos muito no modelo de hub que foi instalado aqui. Foi muito importante para nós e está dando frutos, pois estamos voltando a crescer ainda mais e, quem sabe, com o bom desempenho que estamos vendo, esses voos não aumentem ainda mais?”, afirmou John. 

O executivo da Azul informou que as operações dos voos serão iniciadas em março do ano que vem, mas que as vendas devem começar já em novembro deste ano. “Serão três frequências semanais para Fort Lauderdale e uma frequência semanal para a cidade de Rosário e uma para Córdoba”, explicou. Os voos para as cidades portenhas serão realizados com as aeronaves Airbus A320neo, que têm capacidade para até 174 assentos; já as operações para Fort Lauderdale serão feitas com as aeronaves Airbus A330, com capacidade para 271 assentos.
A empresa também busca incrementar o alcance regional do hub ao se preparar para iniciar operações em Caruaru e Serra Talhada, no Interior Pernambucano. Os serviços devem ser iniciados após a certificação dos aeroportos para receber as aeronaves da companhia. Atualmente, a Azul opera cerca de 50 decolagens diárias partindo do Recife para 27 destinos, dentro e fora do País. Na alta temporada de verão 2017/2018, a companhia chegará à marca de 25 destinos e 57 decolagens diárias. 

Para o prefeito do Recife, Geraldo Julio, destinos como Córdoba e Rosário irão atuar como grandes emissores de turistas para Pernambuco. “É uma conquista que é muito mais importante porque gera emprego na área de transportes, agências, restaurantes e gera oportunidades para os taxistas. Foi uma decisão que transformou a vida de muita gente”, afirmou. 

O secretário de Turismo, Esportes e Lazer, Felipe Carreras, registrou o olhar que o Governo de Pernambuco tem dado à indústria de aviação, ressaltando que o setor gera milhões de empregos e que, só em Pernambuco, cerca de R$ 2 bilhões são pagos em salário à toda a cadeia, de acordo com a Associação Brasileira das Empresas Aéreas – ABEAR. “O governador Paulo Câmara teve uma visão de procurar alternativas em meio à crise nacional. Pernambuco soube ver a sua vocação e, dentro desse cenário, foi atrás de investir em conectividade aérea”, pontuou, complementando que, com os três novos voos, Pernambuco ultrapassou o Estado da Bahia em número de conexões diretas. “Começamos a ultrapassar a movimentação de passageiros, passando a liderar o Nordeste pela primeira vez na história de Pernambuco”, ressaltou.
Participaram da solenidade os secretários Nilton Mota (Casa Civil); Antonio Figueira (Assessoria Especial); Alexandre Valença (Micro e Pequena Empresa, Trabalho e Qualificação); Silvano Carvalho (executivo de Transportes); o prefeito do Cabo de Santo Agostinho Lula Cabral; o presidente da Empetur, Adailton Feitosa; a secretária de Turismo, Esportes e Lazer do Recife, Ana Paula Vilaça.
Também estiveram presentes o cônsul-geral dos Estados Unidos no Recife, John Barrett; a vice-cônsul da Argentina no Recife, Alejandra Bomben; Abih Shah (vice-presidente de receitas da Azul); o superintendente do Sebrae em Pernambuco, Oswaldo Barros; o superintendente estadual do Banco do Nordeste do Brasil, Marcílio Morais; os deputados federais Danilo Cabral e Gonzaga Patriota; os deputados estaduais Aluísio Lessa e Diogo Morais (representando o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Guilherme Uchoa).




Com Informações da Assessoria de Comunicação


Nenhum comentário:

Postar um comentário