sexta-feira, 3 de novembro de 2017

Coluna de sexta-feira - Será que tem moral?
Sem sair do local de onde se encontrava, foi abordado pelo deputado Diogo Moraes e o governador Paulo Câmara. E ali mesmo foi convidado pelo governador a ir ao Palácio do Campo das Princesas, ainda este ano. Detalhes, antes de se dirigir ao Distrito de Pão de Açúcar, Mamão recebeu uma ligação do Senador Armador Monteiro lhe pedindo que não fizesse acordo com nenhum pré-candidato ao governo estadual até o final do mês. Portanto, novidades poderão vim até a virada do ano. Sabemos que até o momento, o único acordo feito pelo líder da oposição em Jataúba Fábio Mamão, é com o deputado estadual Diogo Moraes.

Na última quarta-feira também Fábio Mamão, reafirmou em entrevista a rádio Filadélfia FM."Onde o meu opositor estiver, eu não estou junto". Confirmando mais uma vez que não é o ministro Bruno Araújo que decidirá a posição do partido da oposição.
Segundo as palavras de Mamão, é o grupo que decidiu há " 10 " dez anos atrás a não subir em palanque com o seu opositor em Jataúba o atual prefeito Antônio de Roque. Outra frase do líder Fábio Mamão, que chamou a atenção da imprensa que estava presente no momento da entrevista foi. "Água e óleo não se misturam, portanto, não há a menor chance de estarmos juntos."

Estava presente também com o líder Fábio Mamão da oposição jataubense, os vereadores Zuza do Jacú, Naldo de Bileu, 3 suplentes de vereadores, e uma grande comitiva formada e representada por pessoas de todas Vilas da comunidade de Jataúba. Em nome de todos que estavam presente com Mamão ,ele agradece ao deputado Diogo Moraes pela atenção em que destinada a Mamão antes de qualquer outro político da região.

Francicler Pinheiro (França)


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário