terça-feira, 7 de novembro de 2017

“Esse descaso não pode continuar desse jeito” – afirma Áureo Cisneiros sobre o depósito da Polícia Civil de Santa Cruz do Capibaribe-PE
Na tarde desta segunda-feira (06), o depósito da Polícia Civil de Santa Cruz do Capibaribe, recebeu a visita do presidente do Sinpol-PE (Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco), Áureo Cisneiros.
A presença do presidente se deu devido a uma denúncia feita por policiais civis após o local ser arrombado e por elementos durante a semana passada, quando acabaram furtando diversos produtos do local (relembre o fato Clicando AQUI).
Durante entrevista ao repórter Gilson Fernandes, Áureo Cisneiros falou sobre a sua visita ao local.

“Recebemos a denúncia de que o depósito estava abandonado e que teria sido arrombado, viemos e constatamos o o seu total abandono, além do descaso e desrespeito, pois muitas pessoas têm seus automóveis, motocicletas e objetos apreendidos aqui, e quando vêm recuperá-los, os encontram todos depenados e nós já percebemos aqui veículos sem motores, sem rodas e muitos estão só as carcaças. Isso é um absurdo, pois o cidadão é quem vai ter o prejuízo e isso é um desrespeito por parte do governo do estado com os próprios contribuintes pernambucanos” – pontuou.
Áureo afirmou que levará a denúncia e a situação que se encontra o depósito até o Ministério Público de Pernambuco e a Secretaria de Defesa Social.

“Vamos levar a denúncia ao Ministério Público e também notificar a Secretaria de Defesa Social, para que se tome alguma providência, pois não sabemos mensurar a quantidade de objetos que já foram furtados daqui, percebemos também que esses furtos são corriqueiros e isso já vem ocorrendo esses furtos há muito tempo, esse descaso não pode continuar desse jeito” – completou.
O presidente do Sindicato solicitou para que a população pressione políticos locais para tentar solucionar o problema.

“Queria informar á população sobre esse descaso, que também coloque pressão através dos políticos locais e também do governador do estado, que falou que iria investir R$ 300 milhões na segurança pública, mas até hoje não conseguimos ver esse investimento” – finalizou.

Àureo Cisneiros completou de que o depósito conta com apenas um guarda patrimonial, colocando a vida desse segurança em risco.


Ney Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário