sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Macaco é achado morto dentro de casa em Caruaru e família fica assustada
Um sagui foi encontrado morto dentro de uma residência na tarde desta quinta-feira (22) no bairro Nova Caruaru, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco. De acordo com os proprietários da casa, que ficaram preocupados por causa da febre amarela, no jardim há diversas árvores frutíferas, o que atrai esses animais. A família disse também que, é comum aparecer macacos no local, mas é a primeira vez que um aparece morto.

A Vigilância Sanitária foi acionada e esteve no local para recolher o corpo do animal. Os técnicos registraram a geolocalização do lugar onde o sagui foi achado, e vai cadastrar a informação em um sistema de mapeamento de registros de mortes de animais.

A gerente de Proteção Ambiental, Cláudia Agra, informou que o macaco havia morrido há mais de 24 horas, o que dificulta identificar a causa da morte. Ela orientou que em casos como este, não se deve tocar no animal, nem colocá-lo no lixo.

O coordenador da Vigilância Sanitária, Paulo Florêncio, reforça que em Pernambuco não há registro do vírus de febre amarela. "Em todo Estado, tivemos apenas um caso da doença, que foi o de Bezerros, onde o vírus já estava fora do período de contágio", fala Paulo.

Atavés de nota, a Secretaria de Saúde de Caruaru informou que o sagui encontrado morto não tem possibilidade de transmitir a febre amarela, pois no local não existe mata, impossibilitando o aparecimento dos mosquitos que transmitem a forma silvestre. Também foi observado que não há nenhum foco de aedes aegypti na localidade. Os restos do animal foram recolhidos e encaminhados para uma empresa de descarte de lixo contaminado.

A Secretaria também reforçou que o macaco não transmite a febre amarela, ele serve como sentinela para identificação da doença. Caso as pessoas encontrem algum primata morto, não devem tocar no animal e ligar, imediatamente, para vigilância sanitária, através dos números 3701.1407 ou 98384 5380.



G1


Nenhum comentário:

Postar um comentário