domingo, 18 de fevereiro de 2018

VAMOS VER QUEM TEM PANO PRA MANGA E BALA NA AGULHA.

AGORA É NA VERA - Passado o carnaval, as pré-candidaturas a deputado estadual oriundas de Santa Cruz do Capibaribe, começam de verdade a botar as unhas de fora. Agora está valendo e o clima será de corrida por apoios, formação de equipe e de estratégias para conquistar as simpatias dos eleitores. Mas quem tem pano pra manga, quem tem bala na agulha?
TÁ VALENDO O JOGO POLÍTICO- Alessandra Vieira, Diogo Moraes e Zé Augusto Maia têm pela frente uma maratona de compromissos e agenda a cumprir, e para isso, terão que mostrar viabilidade de vitória e jogar o jogo político com dureza e inteligência.
OS DESAFIOS DE CADA UM.
ALESSANDRA VIEIRA - Entra a agora na preparação em sua postura política, carecendo fazer curso de oratória e definir sua imagem. Tudo que fez até o momento enquanto experiência em campanhas políticas valerá para formar sua nova postura, já que ela agora é o produto a ser vendido, mas para isto, terá que priorizar sua essência de mulher de ação. Alessandra terá que está na frente e Edson Vieira dando o suporte. Esta inversão de papéis precisa ser urgente.
DIOGO MORAES - O deputado precisa urgentemente montar uma equipe em Santa Cruz do Capibaribe e este núcleo precisará difundir todo trabalho que Diogo Moraes vez ao longo deste mandato em prol do município. A imagem de um “Diogo Moraes distante de Santa Cruz do Capibaribe”, que já explorada pelos adversários, deverá ser combatida com “Obras presentes no município”. Outro aspecto que não pode ser esquecido é sua luta por água. Quanto mais divulgação, melhor.
ZÉ AUGUSTO MAIA - Mostrar que não é um “Candidato municipal” é a urgência para a pré-candidatura de Zé Augusto. Sua trajetória já é conhecida e perder tempo contando a mesma história é um erro. Ser o pobrezinho e se vitimizar é outra estratégia equivocada e velha. O que Zé precisa é explorar seu lado povão, ir às ruas e falar da viabilidade de sua pretensão. Unir verdadeiramente seu grupo em torno do seu nome será fundamental.



Marcondes Moreno / Sulanca News


Nenhum comentário:

Postar um comentário