segunda-feira, 26 de março de 2018

Armando Monteiro atende pré-requisitos que são cobrados pela sociedade 
O senador Armando Monteiro está cada vez mais decidido a disputar pela segunda vez o governo de Pernambuco este ano. Com uma trajetória essencialmente vitoriosa, Armando conquistou três mandatos de deputado federal e um de senador, tendo sofrido apenas uma derrota em sua breve vida pública, que foi a disputa passada pelo governo de Pernambuco.

Armando goza de credibilidade e prestígio tanto no meio político quanto no meio empresarial, tem um partido para chamar de seu e lidera um grupo representativo de deputados e prefeitos. Já foi presidente da Fiepe e da Confederação Nacional da Indústria, bem como exerceu por um ano o cargo de ministro do Desnvolvimento, Indústria e Comércio.

Mesmo tendo participado ativamente da política nacional nos últimos vinte anos, quando tivemos escândalos do Mensalão e agora do Petrolão, em nenhum momento o nome do senador figurou em qualquer lista que pudesse desabonar sua conduta. Isso faz de Armando um político diferenciado e sintonizado com a população que vem cobrando ética na política nas redes sociais e no dia a dia.

Faltando sete meses para a disputa pelo Palácio do Campo das Princesas, Armando Monteiro pode representar nas eleições deste ano não somente uma mudança de comando em nosso estado, mas alguém que se preparou a vida inteira para exercer o cargo que já foi ocupado pelo seu avô Agamenon Magalhães.

Se Armando souber enfatizar as suas credenciais durante a campanha eleitoral será um adversário difícil de ser batido porque poderá chamar o eleitorado a razão e pedir-lhe a oportunidade que foi negada em 2014 de ser governador de Pernambuco, mas que agora poderia ser dada por tudo o que ele representa para Pernambuco, que é o de alguém que primou pela ética e pela dedicação ao estado durante toda sua vida pública.


Edmar Lira


Nenhum comentário:

Postar um comentário