quinta-feira, 1 de março de 2018

Jataúba, 56 anos de História! Nossa Fundação!
Fundação  -  O surgimento das primeiras pessoas na região das terras que seriam jataubenses deu-se em meados do século XIX, entre os anos de 1840 a 1879, quando chegou nesta região, a família do major “Vicente Nário”. Após a chegada do major, apareceram também as famílias: “Farias”; “Andrezas”; “Jenus”; “Andrades” e “Gregório Victorio”. Todas elas, provindas da zona da mata.
Assim, antes mesmo da fundação oficial de Jataúba, os feirantes vindos do Jacu, já realizavam a venda de capim e rapadura nas sombras do “Jatobazeiro” localizado às margens do Riacho Jundiá (atualmente denominado de rio Jataúba). Por esse motivo a então pequena vila começou a ser chamada de “Jatobá”.
Feira às sombras do Jatobá 

A origem do nome vem da palmeira nativa: Jatobá ou Jataíba (Hymenaea courbaril), do tupi. Com o tempo, a tal feira passou a ser um ponto de encontro entre os comerciantes da época, mas por causa das constantes enchentes, esse ponto de encontro passou a ser em um local mais elevado, na rua velha, a qual posteriormente foi nomeada de Rua São Sebastião. 
No entanto, no final dá década de 60, uma grande enchente tomou boa parte das casas da rua velha, assim, os representantes da época resolveram colocá-la na rua nova (Av. José Lopes de Siqueira), no centro da cidade, onde é realizada até hoje.
Feira livre de Jataúba antigamente 

A feira sempre foi conhecida e chamado-a de "Boca do Sertão" devido ao lugar ter a proximidade com as áreas de criação de gado dos sertões da Paraíba, tanto que semanalmente era e ainda hoje é realizada a feira de gado, caprinos e ovinos.
Tradicional feira de bovinos de Jataúba 
Tradicional feira de caprinos de Jataúba, que agora fica localizada no Kibebi Park Show 

Tempos depois, por força da lei, a fundação deu-se de fato, tornou-se distrito do município do Brejo da Madre de Deus no ano de 1879, com o nome de Jatobá, no entanto, era chamada de “Jatobá do Brejo”. 
 
A vila passou a denominar-se JATAÚBA somente em 1943 para diferenciar-se, pois já existia um povoado neste mesmo estado com igual nome, situado às margens do “Rio São Francisco”. Tentou-se elevá-la à categoria de município em 31 de dezembro de 1958. Entretanto, o governador vetou esta elevação.
Vila de Jatobá do Brejo 

Juntamente com o surgimento de Jataúba, surgiu também a capela sob a proteção do Santo “São Sebastião” que foi erguida no ano de 1847. Com o passar do tempo, essa pequena capela foi reformando-se e crescendo cada vez mais, até tornar-se Matriz em 04 de março de 1964. 
A primeira e principal reforma deu-se ainda na década de 1960, onde a igreja foi também ampliada. Embora nesta época a mesma ainda não tivesse a tradicional torre, foi um grande avanço. 
A obra foi realizada por: Mestre Braz Mineiro, Mestre Roque e Antonio Grilo (João Loia). Pedreiros responsáveis pela primeira grande reforma e ampliação da igreja 
Reforma e ampliação da Igreja de São Sebastião
Tanque do Jacaré e Igreja de Jataúba antigamente (Já reformada)

Hoje, Jataúba ainda retrata dois dos seus principais traços iniciais: “A Igreja Matriz”: Simples, bonita e única no mundo inteiro; e o novo “Pé de Jatobá”, localizado na Praça São Sebastião, próximo a Paróquia do padroeiro. São dois monumentos históricos, que mostra as raízes desta terra e traz para todos os jataubenses, uma viva lembrança de como tudo começou.
Principais monumentos históricos de Jataúba: a Igreja Matriz e o Pé de Jatobá, que hoje infelizmente morreu.


memoriajatauba.blogspot.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário