sábado, 10 de março de 2018

PROCURADOR RELATA MOTIVOS QUE LEVARAM AO PEDIDO DE SUSPENSÃO DO CONCURSO PÚBLICO

Em entrevista exclusiva ao Blog do Ney Lima, na noite desta sexta-feira (09), o procurador do Ministério Público de Contas, Ricardo Alexandre, explicou os motivos que levaram a instituição a pedir a suspensão da realização do concurso público em Santa Cruz do Capibaribe e em outras quatro cidades pela empresa ADM & TEC.

Na tarde desta sexta-feira (09) o TCE – Tribunal de Contas do Estado – decidiu suspender a realização do concurso. O Consórcio Público Intermunicipal do Agreste Pernambucano e Fronteiras (CONIAPE), responsável pelo concurso, ingressou com um mandato de segurança no Poder Judiciário para tentar manter a aplicação das provas.

Na entrevista o procurador explicou que a ADM & TEC foi contratada sem licitação e que a instituição não teria demonstrado capacidade de realizar o concurso. O Ministério Público também questionou o valor da contratação da empresa, que é superior a R$ 1.8 milhão de reais.

“Para o candidato a pior coisa que pode acontecer é o concurso ser realizado de uma maneira atrapalhada e mais a frente ser anulado”, explicou o procurador.

Ricardo Alexandre também explicou o que acontece caso o CONIAPE consiga uma decisão na Justiça que autorize a realização das provas.

Confira a entrevista na íntegra:



Blog do Ney Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário