segunda-feira, 12 de março de 2018

Vereador Ronaldo Pacas assina requerimento da oposição que pede CPI do Calçadão

Na manhã deste domingo (11), o vereador de situação em Santa Cruz do Capibaribe, Ronaldo Pacas (PR) confirmou que assinou o requerimento de autoria do vereador Marlos Mello (Podemos) que solicita a abertura de Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Calçadão Miguel Arraes de Alencar.
A ideia de CPI, para investigar os gastos no Calçadão, surgiu após parte do teto no Setor Azul do empreendimento romper.
“Acredito que não exista nada de errado. Acredito no Governo que votei e tudo será esclarecido e provado”, disse Ronaldo Pacas. Além dele, os vereadores de oposição assinaram o requerimento.
A obra custou R$14.136.069,19 (quatorze milhões, cento e trinta e seis mil, sessenta e nove reais e dezenove centavos) aos cofres públicos, sendo que mais de R$ 13 milhões foi pago pelo Governo do Estado e o restante, mais de R$ 837 mil, se refere a contrapartida da prefeitura.
Após o incidente no local, em 16 de fevereiro, a Secretaria de Planejamento (SEPLAG) do Governo estadual informou em nota enviada ao Blog do Ney Lima que “foi identificado um saldo de aproximadamente R$ 1,7 milhão que deverá ser devolvido, caso o município não justifique adequadamente sua utilização em conformidade com o plano de trabalho”.
Recentemente, o vereador Júnior Gomes (PSB) fez um pedido à prefeitura sobre a documentação do convênio assinado com o estado para a obra. Ele aguarda a documentação para fazer sua análise.
Na ultima reunião ordinária, quinta-feira (08), o vereador Marlos fez o pedido para que já estivesse em pauta. O presidente da Casa, Zé Minhoca (PSDB), afirmou que o requerimento será aceito nas próximas sessões, citando terça e quinta feira, da próxima semana, como possibilidades.



Ney Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário