quarta-feira, 30 de maio de 2018

Prefeitura de Brejo da Madre de Deus-PE, decreta estado de emergência devido à crise dos combustíveis

Para garantir os serviços essências à população do Brejo da Madre de Deus, o prefeito Hilário Paulo (PSD), decretou estado de emergência devido à crise provocada pela paralisação geral dos caminhoneiros que reivindicam redução dos preços abusivos dos combustíveis.

No decreto, o gestor destaca os impactos em diversos setores do município, nas zonas urbana e rural, que sentem a ausência de fornecimento de produtos como combustíveis, gás de cozinha, medicamentos e insumos hospitalares.

“Considerando a indefinição do fim da paralisação e o tempo necessário para retomar as condições de transportes e distribuição de produtos essenciais, existe a necessidade de adoção de medidas preventivas que tenham como objetivo a manutenção de estoque e a garantia da correta, continua e eficaz prestação dos serviços públicos essenciais”, justifica o chefe do executivo municipal no decreto.

O Decreto de Estado de Emergência tem vigência de 15 dias, podendo ser prorrogado por igual período, caso seja necessário. Vale destacar que, desde o início da greve, o prefeito Hilário não tem se furtado em buscar soluções e adoção de medidas para amenizar os impactos na vida dos munícipes brejenses.


Informações da assessoria.



Nenhum comentário:

Postar um comentário