sábado, 12 de maio de 2018

Zé Augusto Maia bate pesado em Edson Vieira e diz que Diogo Moraes é 'o maior traíra' de Santa Cruz do Capibaribe-PE
O ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Zé Augusto Maia, foi o entrevistado do ‘Espaço Aberto’ desta quinta-feira. No programa ele falou sobre seus planos políticos para a eleição de outubro deste ano, bem como, fez fortes críticas a ex-aliados, ao deputado estadual Diogo Moraes e a prefeito Edson Vieira.

Zé Augusto afirmou que ficou chateado e disse não entender o porque de vários nomes do grupo Taboquinha terem aderido ao projeto de reeleição do deputado estadual Diogo Moraes. Zé disse que tem sua história ao lado de cada um deles e deixou no ar que o fator financeiro pode ter pesado na decisão de alguns deles. “Não sou eu que estou dizendo, mas nas redes sociais é o que mais se comenta... E digo logo, se for assim, eu não posso ‘segurar’ nenhum deles”.

Zé Augusto bateu pesado no deputado Diogo Moraes, a quem ele acusou de ser um ‘grande traíra’. “Esse cara traiu quando esteve ‘aqui’, depois traiu quando foi pra ‘lá’, agora quer trair de novo querendo vir de lá pra cá... Ele não passa de um grande traíra, o maior traíra que já vimos em nossa cidade”.
O prefeito Edson Vieira também não escapou das críticas de Zé. “Hoje a minha última administração é mais bem avaliada do que quando eu a concluí, isso porque o povo hoje vê e faz um comparativo do que eu fiz com aquilo que tem sido feito por esse prefeito. A cidade está toda esburacada, sem segurança e ele só se preocupa com o deputado, que agora brigou com ele”.

O ex-prefeito afirmou também que irá processar Diogo Moraes, na esfera cível, por calúnia e difamação e na esfera criminal, pela afirmação de Diogo, que no programa ‘Rádio Debate’ da última segunda afirmou que em 2010, ano em que ambos disputaramcargs eletivos, Zé Augusto tentou extorqui-lo, com a quantia de 800 mil reais. “O que ele falou é uma mentira, nosso acordo era para que fosse feito parcerias nas cidades da região, eu federal e ele estadual, depois de acordado Diogo acabou por apoiar a mãe do governador nas cidades acordadas, a partir daí surgiu o rompimento”.

Para finalizar, Zé Augusto disse que apesar da demora, irá apresentar em breve apoios à sua pré-candidatura a deputado estadual. “Eu tenho muito o que mostrar a todo o estado e tenho certeza que muitos irão aderir à minha pré-candidatura. Não tenho o dinheiro que outros esbanjam, mas como já aconteceu em outras eleições, tenho certeza que o povo estará comigo na hora da eleição”.


Informações Blog do César Mello


Nenhum comentário:

Postar um comentário