terça-feira, 19 de junho de 2018

A barragem que virou um “elefante branco” em Jataúba-PE
O brasileiro é um povo que infelizmente se acostumou com as obras públicas inacabadas e obras que não servem para nada, seja porque não tem função alguma, ou porque foi feita de forma errada e portanto não serve para o fins propostos. 

Um grande exemplo disso são alguns estádios da Copa de 2014 e a maioria das obras das Olimpíadas do Rio de Janeiro, mas quem diria que em Jataúba, uma das obras do governo Paulo Câmara serviria de tristeza e raiva para o povo, e de piada para alguns. O curioso é ainda encontrar pessoas que queiram pegar carona em uma obra fadada ao fracasso como essa.
Temos visto nos últimos dias em Blogs ligados ao político Fábio Mamão, vários textos e fotos enaltecendo a construção de barragens na Zona Rural de Jataúba, uma dessas barragens foi construída no sítio Mimoso de Belo Jardim – para os que não sabem, o sítio Mimoso é dividido entre as cidades de Jataúba e Belo Jardim – e de acordo com a assessoria de Fábio Mamão, essa e as outras barragens foram construídas por iniciativa do Governo do Estado, e foram adquiridas para Jataúba através dos Deputados Diogo Moraes e Wolney Queiroz.

 A curiosidade em torno dessa barragem construída no sítio Mimoso se dá pelo fato dela ter sido construída “nas coxas”, como falamos popularmente. Uma obra como essa tem tempo estimado para finalização de 30 dias, porém foi realizada em 12, e de acordo com os próprios moradores da localidade, a obra foi mal feita e possui falhas estruturais, inclusive o volume de detritos retirados do fundo da barragem é insuficiente, o que resultaria no aterramento repentino assim que as chuvas chegassem, e portanto o armazenamento de água não seria satisfatório diante do porte da obra.
O morador José da Paz, conhecido por “Paizinho”, expressou sua indignação com a atuação dos políticos acima citados: “A barragem foi feita pelo governo, e esses políticos estão pegando carona nela”, pontuou o senhor “Paizinho”, que também disse: “Eles só aparecem em ano político, mas não fizeram nada pelo município”, conclui.
As obras citadas pela assessoria de Fábio Mamão não são as únicas que foram executadas na região pelo Governo do Estado. Nos últimos meses o governador Paulo Câmara também tem enviados recursos para o município através do Prefeito Antônio de Roque, o que ressalta o compromisso do governador com ambos os políticos, fato reforçado pelo registro da presença de Diogo Moraes, Fábio Mamão e Antônio de Roque em um mesmo evento de entrega de equipamentos promovida pelo Governo do Estado. O que era “água e óleo” virou “queijo com goiabada”.
O fato é que a malfadada barragem do Mimoso agora serve para os moradores como lembrança da atuação oportunista dos políticos que só estão procurando a prosperidade de suas alianças e ambições pessoais, em detrimento do bem-estar do povo sofrido de nossa cidade. Sendo assim, Jataúba entra para o “roll da fama de Elefantes Brancos” espalhados pelo Brasil. 

Elefante Branco - Só serve de enfeite

Já os políticos do grupo de Fábio Mamão, entram para a lista de “pessoas mais esquecidas do mundo”, ao firmarem aliança e tecerem elogios a um homem que outrora era apelidado de “satanás” e “pior governador” da história de Pernambuco. 

O que o destino os reserva? Será que lá na frente seguirão o Prefeito Antônio de Roque e dirão que “Temerrr, é o melhor presidente do Brasil”? Aos tais, recomendo que tomem “Ginkgo Biloba”, um ótimo remédio para “esquecimento”.

A venda nas melhores farmácias de Jataúba

Oportunistas chegam a assumir o papel de "Deus" ao afirmar que a malfadada barragem do Sítio Mimoso no município de Belo Jardim estaria cheia, sangrando e que o povo estaria alegre e satisfeito. Mais pelo que vemos a coisa não é bem assim!


Assessoria Avante Amigos/Sérgio Rodrigues


Nenhum comentário:

Postar um comentário