sábado, 16 de junho de 2018

Em Bodocó, Governador Paulo Câmara autoriza construção de ponte e entrega 547 títulos de posse

A edificação do equipamento, anunciada receberá um investimento de R$ 4 milhões, com recursos do FEM

EM BODOCÓ – O governador Paulo Câmara autorizou e entregou importantes obras para a mobilidade urbana e o fortalecimento da agricultura familiar local, durante visita a este município. Na ocasião, Paulo autorizou a execução emergencial das obras de construção da nova ponte sobre o Rio Pequi. O empreendimento contará com um investimento de R$ 4 milhões, beneficiando diretamente cerca de 105 mil pessoas. Outra importante ação foi a entrega de 547 títulos de propriedade para agricultores da Zona Rural do município.
“Fizemos questão de vir aqui para continuar ajudando Bodocó, fazendo obras em parceria a partir do FEM, fazendo as parcerias necessárias para melhorar a vida do povo. Eu sei que não foi fácil esse momento que vocês passaram, com essas chuvas que destruíram e criaram tantos transtornos. Nós, de imediato, mandamos nossas equipes para cá, para ajudar. E vamos continuar ajudando. Hoje, dando a ordem de serviço da ponte. São R$ 4 milhões para a gente construir esse equipamento e vocês terem o direito de ir e vir garantido”, afirmou o governador Paulo Câmara.

Diante do acidente estrutural provocado pela última cheia do Rio Pequi, o Departamento Estadual de Estrada e Rodagem (DER-PE) optou pela demolição da ponte danificada e sua substituição por uma nova obra. O equipamento será construído conforme as normas e procedimentos atualmente vigentes, em caráter de emergência, visando o restabelecimento da trafegabilidade da Rodovia PE-545, na ligação entre Exú e Ouricuri, principalmente, no sub-trecho entre Bodocó e Ouricuri. A nova ponte sobre o rio Pequi deverá apresentar 45 metros de vão e plataforma de 13 metros de largura, sendo 9 metros de pista e passeios de 2 metros de largura em cada lado, além de guarda-corpos.
Visando garantir os direitos fundiários dos agricultores rurais do município, o governador realizou, ainda, a entrega de 547 títulos de domínio, cujo investimento foi de R$ 547 mil. Com os títulos em mãos, as famílias de agricultores têm a segurança jurídica e social como elementos fundamentais para sua liberdade, dignidade e consequente bem-estar social com o resgate de sua cidadania. Além disso, as famílias acessam diversas políticas públicas rurais, que possibilitam o desenvolvimento da produção. Os agricultores Antonio Neto da Silva, João Elias, Fátima Maria da Silva e Maria das Graças da Silva receberam os títulos das mãos do governador.
“É muito importante quando a gente tem uma terra que é nossa e que ninguém pode tomar. Além do mais, eles terão a oportunidade de acessar o crédito e aumentar a produtividade e melhorar a qualidade de vida da sua família e da sua própria terra”, destacou o secretário de Agricultura e Reforma Agrária, Wellington Batista.
Participaram do ato os deputados federais Gonzaga Patriota, Tadeu Alencar e Kaio Maniçoba; os deputados estaduais Roberta Arraes e Lucas Ramos; e os secretários Fred Amâncio (Educação); o executivo da Casa Civil, Marcelo Canuto; o presidente do Iterpe, André Negromonte; e Aldo Santos, diretor de Articulação do Meio Ambiente.



Informações da Assessoria de Comunicação


Nenhum comentário:

Postar um comentário