quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Mulher ganha neném e esconde bebê dentro de guarda-roupa durante horas; criança foi levada ao hospital

Roberto Silva (foto) foi quem ouviu primeiro o choro e contatou dona Hilda Almeida. Segundo a polícia, mulher já tem duas filhas e abandonou a bebê porque queria um menino.
Uma recém-nascida foi abandonada pela mãe dentro de um guarda-roupa, momentos após a jovem, de 22 anos, ter dado à luz no bairro de Nova Cidade, em Vitória da Conquista, sudoeste baiano.


De acordo com a Polícia Militar, a criança foi encontrada horas depois do parto, que teria sido feito pela própria jovem de 22 anos.

A criança estava na casa da bisavó da jovem. A PM informou que foi acionada depois que o idoso ouviu o choro do recém-nascido, abafado pelo guarda-roupa. Segundo a polícia, a mulher já tem duas filhas e teria abandonado a bebê após descobrir que ela também era uma menina, porque queria um menino.

Os militares estiveram na residência junto com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e o Conselho Tutelar. O bebê foi levado para o Hospital Municipal Esaú Matos. A mãe da recém-nascida foi localizada pela polícia na casa de um vizinho momentos depois que os militares foram acionados.
Segundo a polícia, ela estava nervosa e inicialmente negou que o bebê fosse dela. A jovem também foi levada para o hospital. Só na unidade, ela confirmou que é mãe da menina. Lá, ela passou por procedimentos pós-parto.

Aos médicos, ela contou que fez o parto da criança sozinha. A jovem e a filha seguem internadas e não têm previsão de alta. A polícia não soube informar se a família sabia que ela estava grávida.

Por meio de nota, o Hospital Municipal Esaú Matos disse que o bebê é prematuro e estima-se que tenha 34 semanas. O estado de saúde dela é estável, assim como o da mãe. A jovem está sendo acompanhada pelo Serviço Social da unidade.

Testemunhas, incluindo a bisavó e o pai da jovem, foram conduzidas para a delegacia, onde prestaram depoimento. 

O marido da jovem de 22 anos que abandonou uma recém-nascida dentro de um guarda-roupas, após dar à luz, no bairro de Nova Cidade, na cidade de Vitória da Conquista, desconhecia a gravidez da esposa.

Marcos de Jesus, que é pai das outras duas filhas da jovem – uma de 5 anos e outra de 10 meses – , disse que não havia sido informado do estado da mulher. “Ela não falou que estava grávida, não”, disse.

A jovem e o bebê seguem internadas no Hospital Municipal Esaú Matos, em Vitória da Conquista, e têm estado de saúde estável. Na unidade, a criança, que está sob responsabilidade do Conselho Tutelar, ganhou o nome de Sofia.




Blog do Rodrigo Ferraz/G1 BA


Nenhum comentário:

Postar um comentário