sexta-feira, 31 de agosto de 2018

Paraíba é o maior produtor de leite de cabra do país, aponta IBGE
A Paraíba é o maior produtor de leite de cabra do Brasil, segundo o Censo Agropecuário 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Com uma produção de 5,627 milhões de litros de leite por ano, a Paraíba se destaca à frente de estados como Bahia, que ocupa a segunda posição, e Minas Gerais, que vem em terceiro lugar. Taperoá e Sumé são os municípios que mais produzem e despontam no ranking nacional no primeiro e terceiro lugar, respectivamente.

Com relação à comercialização do leite de cabra, a Paraíba também está no primeiro lugar no ranking nacional: do total produzido, 4,059 milhões foram comercializados. O destaque fica por conta dos municípios de Amparo, que ocupa o primeiro lugar, com 652 mil litros vendidos; Monteiro em segundo, com 604 mil litros vendidos, e Sumé em terceiro, com 476 mil litros.

Outros municípios paraibanos que se destacam na produção do leite de cabra são: Parari (242 mil litros), Prata (209 mil litros), Cabaceiras (208 mil), Zabelê (182 mil litros) e Boqueirão (160 mil litros). Na comercialização também se destacam Parari, Prata, Zabelê, São Sebastião do Umbuzeiro, Taperoá, São Domingos do Cariri, Cabaceiras e Coxixola.

Para o secretário de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap), o desempenho da agropecuária paraibana reflete os investimentos do Governo do Estado realizados no setor. “Por meio do Procase, 65% dos recursos das associações e cooperativas são destinados à caprinocultura, contemplando tanto a produção quanto a exportação do produto para o mercado”, afirmou, destacando a política de subsídios do Governo do Estado como forma de incentivar a produção de leite de cabra na Paraíba. “Por meio dessa política, foram investidos mais de R$ 40 milhões nos últimos sete anos”, completou.

A Paraíba também é destaque no valor arrecadado com a comercialização do leite de cabra, com R$ 7,657 milhões, o que representa 23,9% de tudo o que foi comercializado no país (R$ 32,032 milhões).

O Estado ainda se destacou na quantidade de estabelecimentos que produziram leite de cabra no ano de 2017, totalizando 2.677, o segundo maior número no ranking nacional, o mesmo ocorrendo com o número de cabras ordenhadas, num total de 19.397 cabeças, ficando abaixo apenas da Bahia (38.690 cabeças).


Blog do Gordinho


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário