quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Obrigaram Abrir o Banco: Funcionário de banco é vítima de sequestro em Gravatá no Agreste
O tesoureiro de um banco e sua família foram alvo de um sequestro em Gravatá, Agreste do Estado, na noite da última segunda-feira (22). 

De acordo com o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, na manhã desta terça-feira (23), o homem foi obrigado pelos sequestradores a abrir a agência bancária do Santander, localizada na cidade, para retirar uma quantia em dinheiro.

Após a entrega do dinheiro aos suspeitos do crime, segundo informações obtidas pelo sindicato, a família do bancário foi imediatamente liberada. Em nota, a Polícia Civil informou que o "Grupo de Operações Especiais (GOE) comandado pelo delegado Gilberto Loyo, encontra-se em Gravatá fazendo as primeiras diligências sobre a extorsão mediante sequestro sofrida por um funcionário de um banco do município".

Ainda de acordo com a Polícia Civil, mais informações serão divulgadas após conclusão das diligências iniciais. O Santander informou que está colaborando com as investigações policiais e confirmou que o funcionário e seus familiares passam bem e estão recebendo a assistência necessária.

Segundo o Sindicato dos Bancários de Pernambuco, o homem foi obrigado a abrir a agência bancária para retirar uma quantia em dinheiro


JC Online


Nenhum comentário:

Postar um comentário