quinta-feira, 8 de novembro de 2018

Desvio de água do Açude de Boqueirão é flagrado pela Cagepa
Suspeito deve pagar uma multa de R$ 4,5 mil e responder pelo crime de furto qualificado, com pena que varia de dois a oito anos de prisão.

Água do Açude de Boqueirão é desviada para reservatório particular em Galante — Foto: TV Paraíba/Divulgação Água do Açude de Boqueirão é desviada para reservatório particular em Galante — Foto: TV Paraíba/Divulgação

O gerente regional da Companhia e Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Ronaldo Meneses, constatou na tarde desta quarta-feira (7), o desvio de água do Açude Epitácio Pessoa para um reservatório particular no distrito de Galante, em Campina Grande. A inspeção foi feita com o apoio da Polícia Militar.

Depois de receber um vídeo que mostrava um suposto roubo de água no local, a equipe da TV Paraíba pediu que técnicos da companhia avaliassem a denúncia. O crime acontecia em uma propriedade do Sítio Várzea do Arroz. A água era despejada por um cano, camuflado no meio da vegetação, no reservatório particular.

Moradores da região estavam sem abastecimento de água por causa do desvio. Os técnicos da Cagepa e os policias entraram no local e, após 40 minutos, confirmaram que o líquido desviado saía do Açude de Boqueirão.

A casa estava fechada e o dono havia viajado. Segundo Ronaldo Meneses, o proprietário do imóvel fez um desvio na tubulação oficial da Cagepa que passa pela propriedade. Ainda de acordo com ele, o suspeito irrigava uma plantação de palma com a água.

O responsável pelo desvio deve pagar uma multa de R$ 4,5 mil e responder pelo crime de furto qualificado com pena que varia de dois a oito anos de prisão. Ele ainda deverá ser apresentado ao Ministério Público da Paraíba.



Por G1 PB


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário