sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Intervenção federal no Rio de Janeiro acabará mesmo em 31 de dezembro
O estado do Rio de Janeiro passa por intervenção federal na área de segurança pública desde fevereiro. Foto: Tomaz Silva

O futuro ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, deixou claro ontem que o governo Jair Bolsonaro (PSL) não cogita renovar o decreto de intervenção federal na segurança pública do Estado do Rio de Janeiro.

 Por enquanto, segundo ele, “está mantida a data de 31 de dezembro para o término”, afirmou o general nesta quinta (22), durante entrevista ao programa “Bastidores do Poder”, da Rádio bandeirantes.

O general Fernando avaliou positivamente a intervenção federal no Rio, mas advertiu que é preciso dar continuidade ao trabalho.

“O legado é o mais importante”, disse o futuro ministro da Defesa, destacando o Plano Estratégico de Segurança Pública no Estado.

As Forças Armadas não se furtam ao chamamento da sociedade, disse o futuro ministro, mas a intervenção não pode ser para sempre.


A informação é de Cláudio Humberto, do Diário do Poder.


Nenhum comentário:

Postar um comentário