terça-feira, 13 de novembro de 2018

Lavanderia onde trabalhadores morreram estava com licenças ambientais vencidas e sem alvará de funcionamento
Na tarde desta terça-feira (13) nosso correspondente em Toritama teve acesso com exclusividade a dados cadastrais que confirmam que a lavanderia, onde dois homens morreram na segunda-feira (12), não possuía alvará.

De acordo com os dados, o local estava irregular perante os órgãos de fiscalização ambiental. As licenças do Ibama, CPRH, Bombeiros, descarte do lodo em aterro sanitário e declaração de manuseio de produtos perigosos pela Policia Federal, também estavam vencidos.

Diante das irregularidades, a empresa não conseguiu a liberação do alvará de funcionamento, referente ao ano vigente.

Com informações de Evandro Lins, correspondente do blog em Toritama


Ney Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário