quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Acusado de matar mulher em São Domingos município de Brejo da Madre de Deus é levado para audiência de custódia. Feminicídio teria acontecido durante comemoração por resultados em assaltos
Na manhã desta terça-feira (11) foi apresentado, na delegacia de Santa Cruz do Capibaribe, o acusado de matar uma mulher no distrito de São Domingos, de Brejo da Madre de Deus.

O crime aconteceu em uma residência na Rua Equador, em 01 de dezembro deste ano, vitimando Paula Roberta Siqueira Alves Ramos (de 28 anos).

Relembre o caso; De acordo com a Polícia Civil, o acusado de ter praticado o feminicídio à época, Reinaldo Salviano da Silva (25 anos, presidiário em liberdade por indulto), usou de uma arma de fogo, onde atingiu a vítima com um tiro na cabeça. Ela faleceu antes que qualquer socorro fosse prestado.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, Reinaldo era companheiro de Paula e também acabou baleado pelo irmão da vítima, ferimento provocado em uma tentativa de vingança pela morte da mulher.

.
Dinâmica do crime; De acordo com o policial civil Marcelo Malhas, todos os envolvidos estavam bebendo no interior do imóvel quando, em um dado momento, houve uma discussão Paula e Reinaldo, onde eles entraram no imóvel e, minutos depois, se ouviu um disparo de arma de fogo.

Era Reinaldo que tinha efetuado o disparo contra sua mulher. O irmão da mulher assassinada, identificado como César, entrou no imóvel juntamente com outras pessoas e, ao ver a cena, teria tomado a arma das mãos de Reinaldo, onde efetuou vários disparos contra ele.

Reinaldo conseguiu fugir e foi perseguido, sendo então ferido e, mesmo assim, conseguiu fugir, dando entrada na UPA 24h.

“Ele se encontrava gravemente ferido, sendo custodiado para Caruaru e depois para a Capital Pernambucana”.

Envolvidos seriam assaltantes, afirma policial; Segundo o policial, Reinaldo e César seriam assaltantes e teriam praticado, pelo menos, seis crimes no dia do feminicídio.

“Essa bebedeira era a comemoração dos atos que tinham acontecido durante a tarde. Foram seis assaltos praticados” – pontuou o policial.

Ainda de acordo com Marcelo, a polícia teria provas de que ambos estariam praticando crimes, chegando inclusive a serem filmados. Reinaldo, que foi apresentado na delegacia, foi autuado pelos crimes de feminicídio e roubo, devendo ser ouvido em audiência de custódia.

Já César, que segue foragido, foi acusado por tentativa de homicídio e prática de roubo.

Ney Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário