sábado, 1 de dezembro de 2018

Falta de chuva na Barragem de Jucazinho provoca alteração de calendário em Toritama e outras cidades do Agreste
Em decorrência da ausência de chuvas nos municípios que compõem a Bacia do Rio Capibaribe e que influencia no volume da Barragem de Jucazinho, em Surubim, a Compesa irá implantar, a partir deste sabado (1), um novo calendário de abastecimento para oito cidades atendidas por esse manancial.

Como o reservatório está com apenas 3% da sua capacidade, que corresponde a 12,7 milhões de metros cúbicos de água, não há mais condições de assistir os municípios do Tramo Norte de Jucazinho pelo calendário vigente.

O novo calendário irá vigorar para os municípios de Casinhas, Frei Miguelinho, Salgadinho, Santa Maria do Cambucá, Surubim, Toritama, Vertentes e Vertente do Lério.

Segundo a Compesa, a partir de amanhã, o regime de abastecimento será de 10 dias com água e 15 dias sem. O atual calendário atendia à população desses municípios por um período de dez dias com água e um intervalo de cinco dias sem abastecimento.

A medida, segundo o gerente de Unidade de Negócios da Compesa, Bruno Adelino, é uma medida preventiva para evitar que a barragem entre em colapso.

“Iremos administrar o volume de água destinado a essas cidades para que não haja a interrupção da distribuição de água nas torneiras até o período de inverno da região, que se inicia em abril”, afirmou o gerente.

A Barragem de Jucazinho passou um ano e sete meses em colapso. Em junho deste ano, após a ocorrência de chuvas, a Compesa conseguiu retomar a operação do Sistema Jucazinho, voltando a abastecer as cidades, que estavam em colapso, pela rede de distribuição.

Confira o novo calendário Clicando AQUI 


Ney Lima


Nenhum comentário:

Postar um comentário