sábado, 15 de dezembro de 2018

Rodrigo Maia pode fazer contraponto a Bolsonaro 
A eleição para a presidência da Câmara dos Deputados ocorrerá somente no dia 1 de fevereiro de 2019, mas as articulações estão a mil para ver quem comandará a Casa no ano que vem. Com uma renovação significativa de parlamentares, a Câmara dos Deputados terá uma configuração diferente no ano que vem, com a diminuição do poderio do MDB e a falta de unidade do PSL, que é a maior bancada da base governista, sendo o partido do presidente.

Entre os deputados antigos e novatos há uma preocupação corrente no sentido de evitar que a Casa escolha um nome totalmente alinhado com o presidente Jair Bolsonaro, e não ficar sendo apenas um órgão carimbador das decisões do executivo. Para isso, o nome do atual presidente Rodrigo Maia desponta com certo favoritismo, pois ele soube em dois anos e meio conduzir a Casa sem deixá-la em maus lençóis.

Maia está longe de ser o presidente perfeito, e há algumas ressalvas em relação a ele, porém, cresce o sentimento entre os colegas que não há nome melhor para o posto como ele, que poderá representar uma espécie de fiel da balança na força do presidente Jair Bolsonaro. 

Dos nomes colocados até agora, Rodrigo Maia é de longe o favorito para seguir no comando da Câmara dos Deputados, e em se confirmando sua recondução, os deputados sabem que terão um representante que defenderá o poder legislativo nas batalhas que precisará travar com o Palácio do Planalto.


Edmar Lyra


Nenhum comentário:

Postar um comentário