quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Cinco pessoas morrem em acidente: quatro da mesma família
Cinco pessoas morreram em um capotamento na BR-101, na altura do bairro de Jardim Paulista, em Paulista, no Grande Recife, na noite dessa terça-feira (1º). Quatro das vítimas eram da mesma família, que estavam voltando de uma festa de réveillon. Além deles, também morreu o motorista do aplicativo que conduzia o veículo.
Resultado de imagem para imagens de Cinco pessoas morreram em um capotamento na BR-101, na altura do bairro de Jardim Paulista,
De acordo com testemunhas, o motorista teria perdido o controle do carro que invadiu o canteiro central da via e capotou de uma altura de aproximadamente cinco metros em um canal que passa por baixo da pista. As vítimas ficaram presas às ferragens. Condutores que passaram pelo local tentaram fazer o socorro, mas não conseguiram.
Resultado de imagem para imagens de Cinco pessoas morreram em um capotamento na BR-101, na altura do bairro de Jardim Paulista,
O servidor público aposentado Marcelo Ferreira Alves, 62, a esposa dele a dona de casa Edna Severina Alves, 58, e os filhos do casal Levi Ferreira Alves, 20, e Douglas Alex de Lima Souza, 23, não resistiram aos ferimentos e morreram no local. O motorista George Ricardo de Oliveira Moura, 32, também morreu na hora.
Resultado de imagem para imagens de Cinco pessoas morreram em um capotamento na BR-101, na altura do bairro de Jardim Paulista,
O Corpo de Bombeiros realizou um trabalho de quase duas horas para conseguir tirar os corpos das vítimas de dentro das ferragens. O efetivo ainda precisou do auxílio de um guindaste para retirar o veículo do canal. Peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram no local do acidente para poder dar início às investigações da causa do acidente.
Resultado de imagem para imagens de Cinco pessoas morreram em um capotamento na BR-101, na altura do bairro de Jardim Paulista,
“Pela posição do carro e dos corpos, acreditamos que o motorista conduzia o veículo com a velocidade acima da permitida”, contou o perito Alcides Buarque.


Marcelo Santa Cruz


Nenhum comentário:

Postar um comentário