quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Em Jataúba, grupos políticos se movimentam e cenário para 2020 começa a ganhar forma

Em um ano pré-eleitoral a política da cidade de Jataúba começa a ganhar forma para 2020, até o momento três grupos tendem a apresentar postulantes para disputar a vaga de prefeito nas eleições do ano que vem podendo surgir mais um, já que há informações dão conta que após o sucesso da terceira via nas eleições de 2018 uma quarta via poderá surgir abrindo mais ainda o leque de opções para a população jataubense. Entre os três principais grupos as movimentações tem sido intensas e todos pretendem chegar forte para a disputa.

O grupo de situação liderado pelo prefeito Antônio de Roque tem voltado as suas forças para o trabalho no município, após um momento delicado na eleição para a mesa diretora da câmara onde parecia que iria haver um desgaste o grupo se fortaleceu e aumentou de 6 para 7 os vereadores da sua base, mesmo perdendo o seu parceiro e deputado estadual Zé Humberto o prefeito não perdeu tempo e já anunciou a parceria com o deputado Lucas Ramos que é da base do governo. Roque corre contra o tempo para entregar algumas obras em andamento e informações dão conta de que outras obras estarão chegando ao município, o prefeito já afirmou em entrevista que o grupo está focado e tentará implacar o seu sucessor mais uma vez nas eleições de 2020, várias apostas estão sendo feitas em torno de alguns nomes que poderão disputar a prefeitura pelo grupo de situação e dos três nomes mais fortes acredita-se que o seu vice Jackson Buraco seja o indicado pelo prefeito. É esperar pra ver.

Já o líder político Fábio Mamão está tentando se recuperar do tombo que sofreu nas eleições de 2018, o vaqueiro como é carinhosamente conhecido viu minar tudo o que havia construído nas eleições de 2016, com saída de vereadores e aliados do seu grupo Mamão tenta juntar os cacos e passados 90 dias das eleições o mesmo ainda não fez nenhum pronunciamento público sobre os resultados das eleições e sobre o seu futuro político já que no início de 2018 o mesmo lançou a sua pré-candidatura a prefeito para 2020. Fato é que Mamão continua o seu trabalho de assistencialismo no dia-a-dia e ganhou força dentro do governo do Estado. Isso porque no dia 18 de janeiro do corrente ano o mesmo foi nomeado como Assistente Técnico no PRORURAL secretaria importante do governo e que dará, sem dúvidas a Mamão forças para atrair ações que visam os agricultores da Zona Rural do município área onde Mamão tem tentado se fortalecer. Seria um fôlego a mais para o vaqueiro?

Com relação à terceira via liderada pelo empresário Boy o cenário é de euforia por parte dos seus aliados, isso tudo após o resultado das eleições de 2018 quando conseguiu fazer os seus deputados e senadores majoritários no município, na última sexta-feira em uma festa com RÓTULO de janeiro o grupo comemorou a vitória dos seus deputados e atraiu milhares de pessoas de Jataúba e Região e mostrou que vem com tudo para a disputa do ano que vem. Nos bastidores vários nomes vêm sendo cogitados já que o empresário apesar de não descartar a sua candidatura sempre colocou o fato de ser muito ocupado como um possível obstáculo para que ele dispute a prefeitura, o que certo mesmo é que o grupo terá um candidato e além do Boy surgem pelo menos mais dois nomes que poderão ir para a disputa, mas a boca miúda a informação é que se não for o empresário será alguém da sua família. O grupo tem feito um trabalho de assistência e engatinhado alguns projetos que visam dar mais visibilidade e atrair aliados para tentar desbancar os dois tradicionais grupos políticos da cidade liderados por Mamão e Antônio de Roque.

Diante de todo o cenário a população tem observado e sabe que terá mais opções para as eleições municipais de 2020 que sem dúvidas será uma das mais disputadas e indefinidas da história do município.


Jota Silva / Folha de Jataúba



Nenhum comentário:

Postar um comentário