domingo, 3 de fevereiro de 2019

DEM mostra força e conquista presidência da câmara e do senado
Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre

O partido Democratas do ex-deputado e ex-ministro da educação Mendonça Filho mostrou forças nas eleições da câmara federal e do senado no início dessa nova legislatura de deputados e senadores. Com 344 votos Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi reeleito nesta sexta-feira presidente da câmara dos deputados, entre seus principais desafios está colocar em votação a reforma da previdência pauta considerada prioritária pela equipe econômica do governo Bolsonaro.

Neste sábado após muita confusão e várias votações os senadores elegeram Davi Alcolumbre (DEM-AP) para presidir a casa pelos próximos dois anos, o senador recebeu 42 dos 81 votos e foi eleito no primeiro turno após a retirada de candidatura do seu principal adversário o senador alagoano Renan Calheiros (MDB), um fato lamentável e que sem dúvidas mancha ainda mais a política Nacional aconteceu na primeira votação que foi realizada em cédulas quando na conferência apareceram 82 cédulas na urna quando o número total de senadores é de 81 e com isso após muita confusão a votação teve que ser repetida.

Com isso o DEM partido que esteve apagado até pouco tempo atrás e quase se fundiu com outro partido saiu fortalecido com o comando das duas casas legislativas do País.


Jota Silva / Folha de Jataúba


APOIO CULTURAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário