sexta-feira, 22 de março de 2019

A HISTÓRIA COMPLETA DO CRIME ELEMENTO FRIO E CALCULISTA EXECUTA RADIALISTA CLAUDEMIR NUNES EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE-PE, O OUTRO LADO DO CRIME!
Na tarde desta quinta-feira (21), um radialista foi executado a tiros na Rua José Jerônimo da Silva, no Bairro São Cristóvão, em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste do estado de Pernambuco. 

Segundo informações colhidas pelo Blog Jota Lima AGORA, Claudemir Nunes da Silva, de 38 anos de idade, tinha acabado de sair da rádio Comunidade FM, emissora que trabalhava, quando foi abordado por um elemento que estava a pé e, após ter alguns pertences subtraídos, o radialista foi obrigado a se deitar no chão e foi executado com aproximadamente quatro tiros na cabeça e em um dos braços. 


ÚLTIMOS PASSOS DO RADIALISTA:


Claudemir finalizou o programa por volta de duas e quarenta da tarde, desceu as escadas da rádio, passou alguns minutos conversando com um homem na frente da emissora, em seguida se despediu do referido homem, subiu em sua moto e saiu com destino a igreja de São Cristóvão, porém há poucos metros foi abordado pelo assassino na esquina da rua, onde funciona uma equipadora de som.

MODUS OPERANDI DO ASSASSINO: 


A pé, de cara limpa, usando um boné e com uma arma de fogo nas mãos, o assassino gritou que era um assalto, ordenou que “Claudemir” parasse a moto e descesse sem olhar para ele. Na oportunidade o acusado subtraiu alguns pertences, inclusive o celular da vítima e pediu para o radialista se deitar no chão. 


Após “Claudemir” se deitar em decúbito ventral (de barriga para baixo) o assassino aparentemente irado começou a chutá-lo, depois de alguns chutes, o radialista se virou e ficou em decúbito dorsal (de barriga para cima). Na ocasião, olhando no rosto da vítima o assassino aciona o gatilho do revólver e atira por aproximadamente quatro vezes.


Ao consumar o crime, o homem dar meia volta, envolve a arma sobre a sua camisa UV de cor azul e sai andando com destino ignorado. 


SERÁ QUE O MATADOR PREMEDITOU O CRIME?

Acredita-se que o crime foi premeditado, o assassino possivelmente estava ouvindo o programa e acompanhando os passos do radialista, já que sabia a hora exata que ele sairia da rádio. O fato de levar os pertencentes, inclusive o celular da vítima, foi para dar a entender que foi um latrocínio, porém possivelmente foi para ocultar alguma prova que pudesse ajudar a chegar até a autoria e motivação para o crime. 

A Polícia Militar do 24° BPM (Batalhão de Polícia Militar), a equipe da 21° DPH (Delegacia de Polícia de Homicídios) e uma equipe do I.C. (Instituto de Criminalística) estiveram no local do crime colhendo informações que irão ajudar na investigação para o crime. 

Após levantamento cadavérico o corpo foi encaminhado para o IML (Instituto de Medicina Legal) na cidade de Caruaru.

O VELÓRIO E SEPULTAMENTO: 

O corpo está sendo velado no Clube Ypiranga e ás oito horas deste sábado (23), será realizado o sepultamento no cemitério São Judas Tadeu (cemitério velho), em Santa Cruz do Capibaribe.



Blog Jota Lima Agora


Nenhum comentário:

Postar um comentário