domingo, 24 de março de 2019

‘A vida venceu’ – Baleado em 2017, Alexandre Farias visita amigos na TV Asa Branca pela primeira vez, após ocorrido
Imagens: Reprodução Rede Globo.

Atingido na cabeça por uma bala perdida em setembro de 2017, quando voltava para casa no bairro Alto do Moura, o jornalista Alexandre Farias esteve em Caruaru nessa sexta-feira (22) pela primeira vez, após o fato.Ele visitou a TV Asa Branca e foi entrevistado pelo apresentador Almir Vilanova.

Alexandre Farias foi apresentador do AB2 por mais de dois anos. Ele passou oito meses internado no Hospital Esperança e segue em recuperação no Recife.
Durante a entrevista, Alexandre afirmou que perdoou o atirador, contou o que recorda daquele dia, o retorno da consciência após meses em coma e o processo de recuperação. A entrevista completa foi posta no G1 Caruaru.
Nessa sexta-feira, ele também realizou uma palestra no município sob o lema: ‘A vida venceu’.

Sobre o dia o tiro – “Lembro só até o estúdio, só jornal. Lembro do dia na redação, do plantão de sábado preparando tudo. Tive contato agora com o espelho, com as matérias que foram exibidas no dia. Lembrei de alguns flashes do dia, da edição pude relembrar agora. O fato de ir pra casa, do barulho do tiro, nada disso eu lembro”.

O perdão – “Se eu tivesse a oportunidade de estar na frente dela, eu diria que ela está perdoada. Desde o primeiro instante me veio na cabeça que ela não sabe o que fez, o mal que causou. Está perdoada. […] Esse perdão me traz uma paz tão grande. Uma paz que talvez a pessoa que deu o tiro não tenha. Eu tenho e deito todos os dias com uma paz imensa”.

Retomando a consciência – “Lembro de uma voz de mulher dizendo: ‘Alexandre?’. Eu respirei, mas não respondi. Depois ela disse: ‘Abra vagarosamente seus olhos’. Aí eu fui abrindo. Paralelamente, eu escutava os aparelhos ligados. Isso foi aproximadamente dez meses após o fato”.

Milagre – “Eu não tenho outra palavra que defina o que aconteceu comigo a não ser a palavra milagre. Muitas pessoas quando chegam perto de mim sentem algo diferente, uma paz, uma obra do divino''


Blog Manhã Nordestina.


Nenhum comentário:

Postar um comentário