sexta-feira, 29 de março de 2019

Palácio vai aprimorar diálogo com base aliada
Reeleito em outubro derrotando novamente Armando Monteiro, o governador Paulo Câmara conquistou uma expressiva vitória com a eleição de seus dois senadores e de uma bancada representativa de deputados estaduais e federais. A ideia para o segundo governo era girar a chave e fazer uma gestão de mais entregas e foi por conta disso que o governador mudou drasticamente seu secretariado.

Passados três meses de uma nova dinâmica de trabalho, o objetivo do governador Paulo Câmara é mesclar uma gestão de mais resultados alinhada com uma interlocução mais próxima com deputados e prefeitos de todas as regiões. A ordem foi dada aos secretários de que os parlamentares e prefeitos não poderão sair sem resposta de seus pleitos.

O objetivo é continuar os pilares de uma gestão que representa o projeto vitorioso de Eduardo Campos, que possa aprimorar o que não funciona tão bem e manter o que tem dado certo. Na área da educação, há muito o que mostrar, na segurança pública onde os desafios foram enormes, o governo conseguiu recolocar nos trilhos o Pacto Pela Vida, mas é preciso que esta percepção de resultados se dê em toda sociedade, e o objetivo é mostrar tudo que está sendo feito.

Na esteira da retomada da economia, o governador Paulo Câmara também quer que Pernambuco continue crescendo, e não medirá esforços para atrair novos empreendimentos, o que consequentemente aumentará a geração de emprego e renda para todos os pernambucanos. O ritmo de trabalho do governador será cada vez mais forte, mas a sua principal marca será o diálogo com a base e principalmente com todos os pernambucanos.


Edmar Lyra


Nenhum comentário:

Postar um comentário