quarta-feira, 17 de abril de 2019

DOIS HOMENS MORRERAM E UM FICOU FERIDO EM COLISÃO ENTRE DUAS MOTOCICLETAS NA VIA LOCAL DA BR-232

Um trágico acidente aconteceu por volta das 17:30hs da tarde desta terça-feira (16), na via local da BR-232 em São Caetano.
As vítimas fatais foram, o ajudante de pedreiro, Gildo Givanildo Manoel Gomes, de 24 anos, que morava no Sítio Agreste do Mingú, na zona rural de São Caetano e o vigilante, Laerte Valkir dos Santos, de 41 anos, que residia na Avenida Severino Ramos em São Caetano.
           Laertes Gildo                                               Givanildo 
Segundo informações cada um guiava uma motocicleta e colidiram de frente, o colega do Gildo que estava na garupa de sua moto, José Paulo da Silva Neto, de 33 anos, também se feriu e precisou ser socorrido pelo SAMU e em seguida, foi levado para o hospital local.
O Inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Afonso Luis, disse que o trecho da via que aconteceu o acidente é mão única, saindo para Caruaru e que quem provocou a colisão foi o Gildo Givanildo, que não era habilitado e a moto estava com o IPVA atrasado e para não passar em frente ao posto da PRF, pegou uma estrada rural por trás da churrascaria e mais adiante, entrou na cidade por esse trecho na contramão e causou essa tragédia.
O Seu Givanildo, que é o pai do Gildo, informou que o filho trabalhava em Caruaru na empresa de construção civil, CP Construção, que o filho aniversariou na segunda-feira (15) e que nesta terça (16), fariam uma festinha surpresa pra ele, que deixou a esposa grávida do primeiro filho e que não havia regularizado o atraso da moto e que estaria juntando dinheiro para tirar a CNH.


Fonte: Blog do Adielson Galvão



Nenhum comentário:

Postar um comentário