segunda-feira, 3 de junho de 2019

DESCARTE IRREGULAR DE CORRESPONDÊNCIA VIRA CASO DE POLÍCIA EM SÃO DOMINGOS MUNICÍPIO DE BREJO DA MADRE DE DEUS-PE
Neste domingo (02), viralizou nos grupos do aplicativo WhatsApp fotos e vídeos de centenas de correspondências que foram descartadas em via pública no loteamento José Monteiro em São Domingos distrito do Brejo da Madre de Deus, Agreste Central de Pernambuco.

As correspondências de várias ordens, principalmente de agências bancárias e operadoras telefônicas, não tiveram o seu destino normal cumprido, que seria as residências de moradores da comunidade. A maioria das correspondências deveriam ter sido entregue no final do ano passado e somente agora apareceram jogadas na rua.

Diante da situação, o prefeito do município Hilário Paulo juntamente com o procurador Dr. Mauro Costa estiveram na Delegacia de Plantão em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste Setentrional do Estado, onde a queixa foi registrada.
Em conversa com a nossa reportagem, o procurador Dr. Mauro Costa falou que o caso tratasse de extravio culposo consumado e que será investigado pela Polícia Civil e provavelmente pela Polícia Federal, já que envolve uma empresa pública federal.

“O prefeito foi surpreendido com o descarte irregular de correspondências no Distrito São Domingos, mais precisamente nas proximidades da Rua Colômbia. Com isso, o prefeito sempre responsável pelos munícipes, responsável por todas as correspondências, já que temos aqui no Distrito São Domingos um ponto que funciona na Subprefeitura, de imediato fomos a Subprefeitura e não constatamos nenhuma irregularidade, nenhuma porta arrombada e viemos a Delegacia para registrado o extravio culposo consumado que foi o que ocorreu no Distrito São Domingos”, explicou o Procurador.

Ainda existe a suspeita de que, esse material pode ter sido subtraído em um ataque criminoso ocorrido no ano passado no presídio aonde funcionava os Correios.


Agreste Noticia


Nenhum comentário:

Postar um comentário