sábado, 15 de junho de 2019



MUNDO CÃO; HOMEM MATA FILHA POR CAUSA DO VALOR DA PENSÃO; DIZ DELEGADO
Segundo delegado, Luiz Carlos Nadolny, 48 anos, matou a filha Aline Miotto Nadolny de 27 anos, em ‘ataque de raiva’ motivado por valor da pensão da irmã da vítima.

Reinaldo Zequinão, delegado de Piraquara e responsável pela investigação, contou que o corpo de Aline foi encontrado ao lado da Colônia Penal Agrícola em Piraquara, na Região Metropolitana de Curitiba, no dia 6 de junho.

“A motivação seria um desacordo que ele mantinha com a mãe da vítima sobre o valor de uma pensão de uma irmã menor da vítima. Ele foi atrás dela para que ela intermediasse uma redução dessa pensão”, disse o delegado.

O homem teria se irritado porque Aline não aceitou intermediar em seu favor para reduzir o valor da pensão da irmã pequena.

“Em razão disso, ele teve um rompante de ódio e partiu para cima dela”, afirmou o delegado. Na última quinta-feira (13), o homem foi preso preventivamente, e no depoimento acabou confessando o crime.

“Já no primeiro momento que o pessoal da investigação o abordou, ele já confessou. Admitiu a participação no crime, na autoria do crime. No interrogatório formal, também confessou”, contou o delegado.

Ele admitiu que matou a filha por esganadura, e que ainda dentro do carro, ela desfaleceu e que enquanto ela morria, dizia a ele:

“pai, eu te amo”. “Quando ele estava matando, a menina falava: ‘pai, eu te amo'”, contou o superintendente.

A defesa do suspeito disse à RPC que, por enquanto, não vai se manifestar.


supermae.club


Nenhum comentário:

Postar um comentário